MERSBE - mercado de ruídos e sons para o bem-estar: modulações da escuta e cultura aural contemporânea

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583202152.98204

Palavras-chave:

MERSBE, Ruído, Bem-Estar, Cultura Aural

Resumo

O presente artigo explora um mercado sonoro único: o MERSBE – Mercado de Ruídos e Sons para o Bem-Estar. Tal mercado se caracteriza por apresentar propostas ruidosas com fins diversos, tais como o aprimoramento da memória e da qualidade do sono, aumento da capacidade de concentração, curas físicas e psíquicas, dentre outras, sempre comprometidas com o bem-estar. A emergência do MERSBE revela, ainda, como a cultura contemporânea estabelece novos modos de se relacionar com os ruídos, invertendo o que parecia ser a lógica dos seus usos até há pouco tempo. De uma posição provocadora e contestatória - como no caso do Manifesto Futurista de Russolo, na música concreta, ou ainda em músicos como E. Varese e J. Cage, até o movimento punk e o noise japonês – os ruídos parecem, agora, servir a mercados globais, sendo acolhidos e cultivados como experiências positivas e dóceis. Como isso pode afetar a cultura aural contemporânea? Essa é a questão central desse artigo, que foi elaborado a partir de uma imersão em sites de redes sociais, como o Youtube, para a observação dos produtos sônicos analisados. Como referência teórica principal estão os Estudos de Som e autores que trabalham com as materialidades da comunicação, principalmente. Como resultados finais, o artigo aponta alguns fatores que já podem ser entrevistos como partícipes relevantes, na modulação da escuta de ruídos na cultura aural contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinícius Andrade Pereira, UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Pós doutorado no The Brown Institute For Media Innovation, na Universidade Columbia (EUA), Doutor em Comunicação e Cultura pela UFRJ, com estágio doutoral no McLuhan Program in Culture and Technology, na Universidade de Toronto, Canadá. Professor do departamento de teoria da Comunicação e do PPGCom da Faculdade de Comunicação Social da UERJ.

Downloads

Publicado

2021-05-27

Como Citar

Pereira, V. A. “MERSBE - Mercado De ruídos E Sons Para O Bem-Estar: Modulações Da Escuta E Cultura Aural contemporânea”. Intexto, nº 52, maio de 2021, p. 98204, doi:10.19132/1807-8583202152.98204.

Edição

Seção

Artigos