Telejornalismo: estratégias de reconfiguração de uma mesma notícia

Vanessa Cristina Backes, Elizabeth Bastos Duarte

Resumo


Ao longo do dia, diferentes telejornais da Rede Globo de Televisão (RGT) veiculam, de maneira muitas vezes insistente e exaustiva, notícias sobre os mesmos acontecimentos. Ora, para uma audiência assídua, essa repetição de assuntos, o dia inteiro, pode ter sua necessidade questionada, além de se tornar bastante cansativa. Dessa maneira, o presente trabalho propõe-se a examinar o processo de reconfiguração de notícias sobre os mesmos acontecimentos, veiculadas em cinco telejornais da RGT ao longo de 24h. Interessa, particularmente, a análise do modo de operação dos dispositivos discursivos de tematização, figurativização, actorialização, espacialização, temporalização e tonalização no processo de conformação das notícias sobre dois diferentes acontecimentos, veiculadas em cinco telejornais da RGT – Hora 1 da Notícia, Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional e Jornal da Globo – no período de 24h, verificando, especialmente, a manipulação dos dispositivos discursivos com o intuito de conferir sentido de atualidade aos temas veiculados reiteradamente. A organização teórico-metodológica fundamenta-se em uma semiótica discursiva de inspiração europeia baseada em Saussure (2012), Hjelmslev (2013) e Greimas e Courtés (2016), bem como em autores que tratam, especificamente, da produção televisual. Os resultados obtidos nesta investigação revelam a existência de, pelo menos, três processos de reconfiguração dos elementos discursivos na conformação de notícias sobre os mesmos acontecimentos: (1) complexificação dos dipositivos discursivos; (2) estabilização dos dispositivos discursivos e (3) reprise/reapresentação das mesmas conformações discursivas.

Palavras-chave


Semiótica 1; Telejornalismo 2; Repetição de notícias 3.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-858320190.%25p



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)