É possível tecer fios de alta tensão desencapados? Comunicação, jornalismo e acontecimentos sociais que envolvem violência

Carlos Alberto de Carvalho

Resumo


A metáfora da construção narrativa como o tecer de fios, geralmente tomada em perspectiva que se pretende poética, pode ser uma armadilha conceitual e metodológica quando estamos diante da produção de textualidades sobre acontecimentos que envolvem violências físicas e simbólicas, a exemplo daqueles identificados com a homofobia, agressão e mortes de mulheres. Nosso objetivo é propor, como alternativa, pensar em narrativas comunicacionais e jornalísticas que lidam com acontecimentos que envolvem temáticas sociais controversas a partir da metáfora dos fios de alta tensão desencapados. Metodologicamente, nos guiamos por revisões bibliográficas e por referências a pesquisas por nós realizadas que lidam com violências diversas. Consideramos que a nova metáfora é mais potente, pois permite melhor visualizar as condições sociais de ocorrência da homofobia e das agressões contra mulheres.


Palavras-chave


Jornalismo. Comunicação. Relações de Gênero. Narrativas. Metáforas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-858320190.35-54



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)