Dos meios às mediações: chaves epistêmicas, teóricas e metodológicas legadas à pesquisa de recepção

Jiani Adriana Bonin

Resumo


Neste texto abordamos algumas das orientações epistêmicas, teóricas e metodológicas propostas por Jesús Martín Barbero na obra Dos meios às mediações e refletimos sobre como alicerçaram nossas práticas investigativas no campo da recepção. No desenvolvimento desta proposta, recuperamos e explicitamos estas chaves para, então, refletir sobre modos como foram apropriadas, articuladas e operacionalizadas nas práxis de construção de pesquisas de recepção que desenvolvemos nos últimos anos no âmbito do grupo de Pesquisa Processocom. Por fim, refletimos sobre as possibilidades que elas oferecem para enfrentar os desafios colocados à compreensão das produções comunicativas dos sujeitos contemporâneos no contexto das inter-relações com as mídias digitais. As reflexões empreendidas destacam aspectos produtivos destas chaves para a construção de perspectivas compreensivas, de alicerces metodológicos e de práxis investigativas fecundos para investigar os processos de recepção midiática.


Palavras-chave


Martín Barbero. Recepção midiática. Mediações. Pesquisa de recepção. Metodologias em pesquisas de recepção.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201843.59-73



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)