Utopia no fim do homem soviético

Ercio do Carmo Sena Cardoso, José Milton Santos

Resumo


A proposta deste estudo é de uma análise da utopia na obra O fim do homem soviético. No artigo, são apresentadas distintas recomendações sobre o livro da escritora e jornalista Svetlana Aleksiévich, relacionando-o, principalmente, com aspectos do jornalismo literário. Escrito a partir de relatos e depoimentos de pessoas comuns, o trabalho da autora é analisado por meio de falas cotidianas que abordam o fim do socialismo na União Soviética. A autora busca a percepção da grande narrativa sobre a construção socialista na visão das pessoas ordinárias, afetadas diretamente por esse período. Seis categorias de análise são definidas e excertos da obra, considerados mais representativos, são destacados na análise dos autores.  


Palavras-chave


Fim do socialismo. Utopia. Relatos comuns. Jornalismo literário.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201944.236-254



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)