Arenas, naming rights e apelidos: estratégias discursivas e modelos de cidade na comunicação do Allianz Parque e da Arena Corinthians

Autores

  • Paolo Demuru UFPE-PPGCOM

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583201637.292-312

Palavras-chave:

Estádios. Arenas. Naming rights. Greimas. Lotman.

Resumo

Com base em um diálogo entre a Semiótica discursiva greimasiana e pós-greimasiana e a Semiótica da cultura lotmaniana, como também em abordagens que defendem a complementariedade entre as duas e em confrontos mais pontuais com os estudos sobre a glocalização, o presente artigo propõe uma reflexão sobre os nomes e os processos de nomeação dos dois mais novos estádios de São Paulo: a Arena Corinthians e o Allianz Parque. Três são as questões que nos interessa discutir: as consequências semiótico-comunicacionais implícitas na passagem da denominação de estádio para aquela de arena; a reiteração, na cidade, da tendência mercadológica internacional que prevê a venda dos assim chamados naming rights dos estádios para empresas privadas; e a resistência implícita contra tal tendência manifestada por meio da celebração midiática do apelido Itaquerão – razão pela qual, segundo sua diretoria, o clube não teria ainda conseguido vender os direitos de nomeação da Arena. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paolo Demuru, UFPE-PPGCOM

Pós-Doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Doutor em Semiótica pela Universidade de Bologna e doutor em Semiótica e Linguística Geral pela Universidade de São Paulo. Professor de Semiótica Visual do Curso de Pós-Graduação em Consultoria de Imagem e Estilo do Centro Universitário Belas Artes. Autor do livro "Essere in gioco. Calcio e cultura tra Brasile e Itália" (Bononia University Press, 2014) e de diversas publicações científicas internacionais, atua principalmente nas seguinte areas: semiótica es estudos da linguagem, teoria da comunicação, estudos culturais e história da cultura. Membro da Associazione Italiana di Studi Semiotici e do Laboratorio Romano de Semiotica, graduou-se em Scienze della Comunicazione pela Universidade de Roma "La Sapienza", com estagio de pesquisa realizado no Centro de Pesquisa Sociossemióticas da PUC de São Paulo, do qual é ainda pesquisador ativo. (Fonte: Currículo Lattes). É atualmente pesquisdaor e pós-doc do PPGCOM da Universidade Federal de Pernambuco. 

Downloads

Publicado

2016-12-21

Como Citar

Demuru, P. “Arenas, Naming Rights E Apelidos: Estratégias Discursivas E Modelos De Cidade Na comunicação Do Allianz Parque E Da Arena Corinthians”. Intexto, nº 37, dezembro de 2016, p. 292-1, doi:10.19132/1807-8583201637.292-312.

Edição

Seção

Artigos