Estratégias de trabalho docente no ensino de criação publicitária: a atividade de orientação como situação de aprendizagem

Fábio Hansen, Juliana Petermann, Rodrigo Stéfani Correa

Resumo


Em uma investigação apoiada pelo MCTI/CNPq, realizada em parceria interinstitucional entre a UFPE, a UFSM e a UFPR, buscamos examinar as práticas pedagógicas adotadas pelos docentes que atuam em disciplinas cuja finalidade é o ensino de criação publicitária. Atenção especial recai ao processo de orientação - estratégia de ensino em que o professor acompanha os estudantes de forma sistemática e colabora na superação de dificuldades. Observamos, a partir do trabalho de campo ancorado em gravações de aulas em áudio e vídeo, que o professor publicitário necessita de contínua formação para converter a atividade de orientação em um instante estratégico de troca de conhecimento, interação e produção de sentido, a fim de favorecer a mediação e a formação de um ambiente adequado para aprendizagem em que o estudante queira se lançar nos desafios do querer aprender criatividade.


Palavras-chave


Ensino. Criação publicitária. Processo de orientação. Formação publicitária. Trabalho docente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201636.163-182



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)