A câmera como ferramenta principal para a pesquisa audiovisual dos processos de dinamização intercultural mediatizados

Nicolás Lorite-García

Resumo


Este texto pretende mostrar as diferentes ideias sobre a câmera como principal ferramenta metodológica de pesquisa sobre o tratamento midiático da realidade, em particular, a reapresentação social nos meios de comunicação, realizadas pelo MIGRACOM (Observatório e Grupo de Investigação de Migração e Comunicação) da Universidade Autônoma de Barcelona (UAB), durante as duas últimas décadas (1996-2015). Se utiliza a câmera a partir de estudo interdisciplinar (comunicação, antropologia, educação, política, sociologia e linguística) do mesmo objeto de estudo audiovisual e a multimodalidade metodológica ou análise transversal da produção, transmissão, recepção e revitalização das mensagens audiovisuais. A câmera também permite que se vincule a investigação científica, acadêmica, com a verdadeira produção audiovisual. Seu uso emerge a partir da mistura de racionalidade quantitativa com a espontaneidade de todos os dias.

Palavras-chave


Câmera. Audiovisual. Televisão. Multimodalidade. Interculturalidade.

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201534.178-199



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)