Mídia e fronteiras: primeiras discussões sobre a cartografia desses estudos no Brasil

Karla Maria Muller, Vera Lúcia Spacil Raddatz, Tabita Strassburger

Resumo


O artigo apresenta as primeiras reflexões sobre o projeto Mídia e fronteiras: cartografia desses estudos no Brasil que tem por objetivo mapear as pesquisas realizadas no país sobre meios de comunicação e fronteiras nacionais. A proposta está calcada no avanço do interesse pelo tema e a produção científica resultante das análises realizadas por pesquisadores brasileiros sobre as práticas socioculturais dos fronteiriços e seus reflexos nos produtos midiáticos elaborados e colocados em circulação por veículos de comunicação local, sediados nesses espaços. O período de coleta do material está compreendido entre os anos de 2000 e 2015 e tem como foco teses e dissertações, defendidas em programas de pós-graduação ligados às Ciências da Comunicação. Portanto, alicerçamos metodologicamente este trabalho na pesquisa bibliográfica e nos primeiros resultados obtidos com o levantamento dos dados mapeados, apresentando uma breve discussão sobre a proposta de elaboração de uma cartografia centrada nos estudos de mídia e fronteiras.

Palavras-chave


Mídia. Fronteiras. Pesquisas acadêmicas. Ciências da Comunicação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201534.385-400



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)