Nas tramas do discurso: sociabilidade comunicação cultura poder

Luciana de Oliveira, Vanrochris Helbert Vieira

Resumo


O objetivo principal deste artigo é criar uma conexão de natureza teórico-conceitual entre as teorias da comunicação que se baseiam no modelo interacional e algumas teorias contemporâneas do discurso, a fim de adensar a visão de contexto tão cara à abordagem interacional. Partindo da sociabilidade, tal como a define Georg Simmel, buscamos rediscutir como os conceitos de cultura e de poder perpassam a composição da vida social com suas ordens discursivas. Encontramos no conceito de definição de situação de William Thomas e sua inserção das disputas de poder nas dinâmicas micro-interacionais a passagem para o campo do discurso. Considerando, a um só tempo, a interação comunicacional e as linhas de força dos discursos, construímos o aporte para pensar como as práticas culturais configuram a sociabilidade contemporânea.


Palavras-chave


Comunicação. Discurso. Cultura. Poder. Sociabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201533.46-63



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)