Comunicação publicitária: produção de sentido, linguagem e criação

Adriana Kowarick

Resumo


Este trabalho objetiva a análise do processo de produção de sentido realizado no trabalho cotidiano em agência de Comunicação e a possibilidade de criatividade. A partir da definição da fundação do discurso da comunicação publicitária e de sua relação com o sistema do Marketing, proponho como condições de produção da escrita publicitária: a existência do sujeito produtor, das matérias significantes, e dos códigos do Marketing e dos tipos de mídias. O processo de produção é processo-base na elaboração das escritas publicitárias. O processo de criação ocorre ocasionalmente, sempre vinculado ao processo de produção, porque ambos articulam os mesmos elementos. Diferenciam-se nos resultados, na possibilidade de leitura das escritas, na possibilidade de um espaço de fruição.


Palavras-chave


Propaganda. Criatividade. Produção de Sentido.

Texto completo:

PDF




Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)