A contribuição do olhar feminista

Ana Carolina Escosteguy

Resumo


Este texto recupera, de forma histórica e conceitual, a discussão entre Estudos Culturais e feminismo, especialmente a partir da consolidação dessas perspectivas de análise na Inglaterra. Busca mostrar que a origem dos estudos feministas dentro ou fora dos Estudos Culturais nem sempre é pacífica. Mostra, igualmente, que conceitos como receptores, espectadores ou audiência tornam-se importantes nessas discussões, já que as filiações a determinados modelos de análise indicam um viés que privilegia ora o indivíduo na formação da subjetividade, ora o cultural e o histórico.

Palavras-chave


Comunicação. Feminismo. Estudos Culturais.

Texto completo:

PDF




Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)