Novas dinâmicas do espaço público: consumo cultural, mídia e mercado sobem ao palco da praia de Copacabana

Sofia Zanforlin

Resumo


Gostaríamos de discutir neste artigo as circunstâncias em que se dão as novas apropriações e usos do espaço público a partir da análise dos eventos festivos realizados na praia de Copacabana. Os recentes debates sobre a articulação entre cultura, economia e política são fundamentais para compreender a complexidade subjacente a esses eventos, bem como a inter-relação entre prefeitura, mídia, empresa privada, consumo cultural e entretenimento, num momento em que essas instâncias estão cada vez mais mescladas na contemporaneidade. O que nos chama atenção é a multiplicidade que compõe o calendário de shows na orla de Copacabana, as freqüências das comemorações e a diversidade de patrocinadores/organizadores envolvidos nesses projetos.

Palavras-chave


Espaço público. Mídia. Consumo cultural.

Texto completo:

PDF




Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)