Produção negociada de políticas de radiodifusão pública: a participação da sociedade no Conselho Deliberativo da Fundação Cultural Piratini

Edna Miola

Resumo


Investiga-se como a participação da sociedade nos conselhos de emissoras públicas pode contribuir na produção de políticas para o setor. Analisa-se a experiência do Conselho Deliberativo da Fundação Cultural Piratini (RS). Como operadores analítico-metodológicos, são acionados determinados pressupostos da idéia de deliberação pública, a fim de se examinar características discursivas do Conselho. A análise evidenciou que a criação do colegiado aprofundou o grau de discutibilidade e de accountability das políticas estaduais de radiodifusão. A capacidade propositiva do órgão, porém, foi limitada pela situação assimétrica de poder em que o Conselho se encontra em relação ao Governo.

Palavras-chave


Radiodifusão pública. Participação. Conselho Deliberativo da Fundação Cultural Piratini.

Texto completo:

PDF




Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)