Métodos mistos: abra-se a novas oportunidades

Autores

  • Laura Serrant UFRGS

Palavras-chave:

Enfermagem

Resumo

Tradicionalmente, como pesquisadores iniciantes, aprendendo sobre metodologia de pesquisa, os estudantes se focam em aprimorar seu entendimento e proficiência no uso de métodos únicos ou mistos (geralmente quantitativos ou qualitativos) como um pré-requisito para a prática eficaz. Somos apresentados a esses dois paradigmas como se fossem abordagens opostas. De fato, somos incentivados a visualizá-los como opostos polares resultantes de divergentes suposições antecedentes. A pesquisa quantitativa reconhece a existência de uma realidade única fora do controle dos indivíduos e se concentra em reunir “fatos”, para que as “asserções verdadeiras” possam ser estabelecidas. Os pesquisadores qualitativos sustentam que verdade e significado não existem em algum mundo externo, mas são construídos através das interações das pessoas com o mundo – portanto, buscam explorar como o mundo é entendido...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2015-11-27

Como Citar

1.
Serrant L. Métodos mistos: abra-se a novas oportunidades. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 27º de novembro de 2015 [citado 17º de agosto de 2022];36(4):8-13. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/rgenf/article/view/59632

Edição

Seção

Editorial