[1]
M. Savicki, “O Direito Brasileiro: fruto da tradição ou da estagnação”, Res Sev. Verum Gaudium, vol. 1, nº 2, nov. 2009.