[1]
L. M. Richter, V. A. Souza, e M. V. Silva, “A dimensão meritocrática dos testes estandardizados e a responsabilização unilateral dos docentes”, Rev. Bras. Pol. Adm. Educ. , vol. 31, nº 3, p. 607–625, jun. 2016.