O PROFESSOR DIRETOR DE TURMA ENTRE PORTUGAL E O BRASIL: DO CONTEXTO DE INFLUÊNCIA AO CONTEXTO DA PRÁTICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol35n22019.91461

Palavras-chave:

Ciclo contínuo de políticas, Diretor de turma, Modo de funcionamento díptico da escola

Resumo

O presente texto apresenta um recorte de um estudo mais amplo desenvolvido no âmbito da pesquisa de doutorado defendida no final de 2017 no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) - Brasil. O estudo teve como objetivo analisar a forma como os atores da organização educativa − gestores, professores, alunos e pais −, apropriaram-se das significações do cargo do professor diretor de turma, no contexto da escola pública estadual regular cearense, no período de 2011 a 2014. Na pesquisa, foi levado em consideração que o cargo de diretor de turma instituído no Ceará-Brasil se inspira no cargo homônimo, criado no sistema educativo português na década de 60 do século XX. Nesse sentido, a investigação compreendeu dois estudos de caso, um no contexto cearense, e outro, no norte de Portugal. Adotou-se como modelo de análise o ciclo contínuo de políticas formulado por Richard Bowe, Stephen Ball e Anne Gold (1992); Ball (1994, 2011), articulando-o com a proposta teórica para o estudo da escola como organização educativa desenvolvida por Licínio Lima (1992, 1998, 2001). Assim, o referencial teórico procurou articular a abordagem do ciclo das políticas, com as contribuições da sociologia das organizações educativas, a partir das perspectivas de Ball (1992, 1994, 2011), Lima (1986, 1998, 2001), Sá (1997). Concluiu-se que os atores para os quais a política Projeto Professor Diretor de Turma (PPDT) é destinada revelaram uma certa acomodação, conformismo e por vezes admiração, mostrando-se convencidos da importância desta política educativa para a educação dos estudantes na escola cearense, ainda que se tenham observado algumas resistências, sobretudo, quanto à carga burocrática associada ao cargo de diretor de turma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vagna Brito de Lima, SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DO CEARÁ (SEDUC-CE)

Doutora em Educação (2017) pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), realizou Estágio Científico Avançado de Doutoramento pelo Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE-CAPES) de 1 de setembro de 2015 a 31 de agosto de 2016 na Universidade do Minho em Portugal. Mestra em Educação (2012) pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Possui Especialização em Gestão Escolar (2006) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e em Metodologia do Ensino Fundamental e Médio (2003) pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Graduada em Licenciatura Plena em História (1995). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Curriculares- GEPPC/UFPB/CNPq do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba. Professora da educação básica na rede pública estadual do Ceará com experiência no ensino superior. Atualmente Coordenadora da Formação Docente e Educação a Distância da Secretaria da Educação do Estado do Ceará (SEDUC-CE).

Maria Zuleide da Costa Pereira, UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Possui graduação em Licenciatura Em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina (1976), graduação em Licenciatura Em Pedagogia pela Universidade Federal da Paraíba (1990), mestrado em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (1995) e doutorado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (2001). Pós- doutorado em Educação na UERJ (2008) Atualmente é professora Titular da Universidade Federal da Paraíba atuando na graduação e pós-graduação. É lider do Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Curriculares. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Políticas Educacionais, Políticas de currículo e suas interconexões com cultura, gênero, etc.

Virgínio Isidro Martins de Sá, UNIVERSIDADE DO MINHO

Possui doutorado em Ciências da Educação, especialidade em Organização e Administração Escolar, pela Universidade do Minho (2003). Atualmente é Professor Associado no Dapartamento de Ciências Sociais da Educação- Instituto de Educação da Universidade do Minho. Exerce as funções de Diretor da Licenciatura em Educação e de Diretor do Departamento de Ciências Sociais da Educação. É membro integrado do Centro de Investigação em Educação (CIEd). Desenvolve a sua atividade docente nos cursos de graduação e pós-graduação (mestrado e doutoramento). É autor de diversos trabalhos académicos (livros, capítulos de livros e artigos científicos) publicados no país e no estrangeiro. Foi professor visitante na Universidade de Coimbra (Portugal) e na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais- Brasil) e na UNISINOS (Universidade do Vale dos Sinos- Porto Alegre- Brasil).

Referências

BALL, S. J.; MAGUIRE, M.; BRAUN, A. Como as escolas fazem as políticas: atuação em escolas secundárias. Tradução de Janete Bridon e Jeferson Mainardes. Ponta Grossa: Editora da UEPG, 2016.

BALL, S. J. Educational reform: a critical and post-structural approach. Buckingham: Open University Press, 1994. 164 p. ISBN 9780335192724.

______. La micropolítica de la escuela: hacia una teoría de la organización escolar. Tradução de Néstor Míguez. Madrid: Paidos, 1989. 297 p. ISBN 84-7509-529-1.

BALL, S. J.; MAINARDES, J. (Orgs.). Políticas educacionais: questões e dilemas. São Paulo: Cortez, 2011.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994. 261 p. ISBN 6205132669.

BOWE, R.; BALL, S. J.; GOLD, A. Reforming education and changing schools: case studies in policy sociology. London: Routledge, 1992. 188 p. ISBN 0-415-07789-3.

LIMA, L. C. A escola como organização e a participação na organização escolar: um estudo da escola secundária em Portugal (1974-1988). 2. ed. Braga: Universidade do Minho, 1998. ISBN 972-8098-24-3.

______. A escola como organização educativa. São Paulo: Cortez, 2001.

______. O conselho de turma: um exercício de simulação. Braga: Área de Análise Social e Organizacional da Educação da Universidade do Minho, 1986.

Disponível em: <http://hdl.handle.net/1822/12058>. Acesso em: 20 set. 2015.

PORTUGAL. Decreto de 14 de agosto de 1895. Collecção Official da Legislação Portuguesa, Anno de 1895, Imprensa Nacional, Lisboa 1896. Disponivel em: <http://net.fd.ul.pt/legis/indice-titulos.htm>. Acesso em: 16 jan. 2016.

______. Decreto nº 48.572. Aprova o Estatuto do Ciclo Preparatório do Ensino Secundário. Diário da República Electrónico - INCM, Secretaria Geral, Lisboa, 9 set. 1968. p. 1853. Disponivel em: <http://193.137.22.223/fotos/editor2/1968_09_09.pdf>. Acesso em: 18 jan. 2016.

LIMA, V. B. de. PROFESSOR DIRETOR DE TURMA: um estudo entre Brasil e Portugal acerca de uma política educativa do estado do Ceará. Tese (Doutorado em educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa, p. 150. 2017. Disponível em: file:///C:/Users/Vagna/Downloads/Tese_Verso_Final_Vagna%20(2).pdf. Acesso em: 16 nov 2018.

SÁ, V. Racionalidades e práticas na gestão pedagógica: o caso do director de turma. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 1997. 300 p. ISBN 972-8353-29-4. (Colecção Ciências da Educação)

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO CEARÁ (SEDUC-CE). Chamada pública para adesão ao Professor Diretor de Turma, 2010. Disponível em: <http://www.seduc.ce.gov.br/index.php/ouvidoria/87-pagina-inicial-servicos/desenvolvimento-da-escola/3257-diretor-de-turma>. Acesso em: 12 ago. 2017.

STAKE, R. E. A arte da investigação com estudos de caso. 3. ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2012. 181 p. ISBN 9789723111873.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010. 248 p. ISBN 9788577806553.

Downloads

Publicado

2019-08-27

Como Citar

Lima, V. B. de, Pereira, M. Z. da C., & Sá, V. I. M. de. (2019). O PROFESSOR DIRETOR DE TURMA ENTRE PORTUGAL E O BRASIL: DO CONTEXTO DE INFLUÊNCIA AO CONTEXTO DA PRÁTICA. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 35(2), 515. https://doi.org/10.21573/vol35n22019.91461