AGRICULTURA AGROECOLÓGICA NO OESTE DO PARANÁ: O PAPEL DO EXTENSIONISTA, ENTIDADES DE ATER E AGRICULTORES

Autores

  • Rodrigo Novakoski UFRGS
  • Daniela Garcez Wives UFRGS - PGDR/DR

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-0003.97127

Palavras-chave:

Agricultura orgânica/agroecológica. ATER. Políticas públicas. Paraná.

Resumo

Como objetivo central pesquisou-se as vivências, dificuldades e os elementos que motivam a agricultura orgânica/agroecológica na região Oeste do Paraná. A metodologia empregada foi qualitativa e quantitativa, foram entrevistados 3 entidades de ATER: BIOLABORE, CAPA e EMATER; 6 extensionistas e 27 agricultores certificados e em transição para a certificação de diferentes municípios pertencentes a região oeste paranaense. Os resultados mais relevantes demonstram que a agricultura orgânica/agroecológica da região é dependente de políticas públicas e contratos com órgãos governamentais, especialmente a hidroelétrica Itaipu Binacional e contratos com prefeituras. As análises demonstraram que, agricultores, extensionistas e entidades atuam para além de seus aspectos prático/teóricos, trazendo a subjetividade como um elo importante para manterem-se como atores ativos nas práticas orgânicas/agroecológicas, por tratar-se antes de tudo, um “projeto de vida”, um respeito para com o próximo, por não poluir/contaminar e por levar alimentos saudáveis aos consumidores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Novakoski, UFRGS

Graduado em Agronomia linhas de formação em Agroecologia pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), campus Laranjeiras do Sul (PR). Mestre em Desenvolvimento Rural (PGDR), pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).Tem experiência nos temas dos Sistemas Agroflorestais, Juventude Rural e Segurança Alimentar e Nutricional. Atua na área da Agroecologia, com especial interesse em Extensão Rural e Desenvolvimento Rural Sustentável e sua influência na garantia da transição agroecológica da unidade produtiva.

Daniela Garcez Wives, UFRGS - PGDR/DR

Doutora pela Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural (2013). Possui mestrado em Desenvolvimento Rural pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008) e graduação em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Luterana do Brasil (2006). Professora da UFRGS no curso de Bacharelado em Desenvolvimento Regional e professora colaboradora no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural (PGDR). Atualmente dedica-se a pesquisas que relacionam temáticas ligadas ao Desenvolvimento Social e Regional, Desenvolvimento Rural, Sistemas Agrários, Sistemas de Produção, Tomada de Decisão, Políticas Públicas: de Segurança Alimentar e Territoriais.

Downloads

Publicado

2021-02-03

Edição

Seção

Artigos