(1)
Bentz, I. M. G. Fluxos E Territorialidade: Comunidade Quilombola Como Linha De Fuga. IT 2016, 227-241.