Histórico do periódico

No primeiro semestre de 1997 foi lançada pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação (hoje Programa de Pós-graduação em Comunicação) da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (FABICO/PPGCOM/UFRGS) a revista Intexto. Em seu editorial de  lançamento, de autoria do Professor Luís Milman (1997) (PPGCOM/UFRGS), são apresentados os objetivos dessa publicação no campo da Comunicação: o compromisso com a qualidade editorial, a fim de potencializar e acelerar a difusão do conhecimento científico na área; a colaboração de pesquisadores brasileiros e estrangeiros; a pluralidade temática e a interdisciplinaridade das pesquisas, fomentando a discussão dos problemas teórico-metodológicos e a acessibilidade das pesquisas com o uso do meio eletrônico.

Assim como outros periódicos, a Revista passa por mudanças constantes na composição de sua comissão editorial, mantendo as premissas originárias, e adaptando-se às novas demandas. Desse modo, seus colaboradores têm a oportunidade de participar do crescimento, não apenas da Revista, mas da área na qual estão inseridos e complementar sua formação profissional.

Até 2014 a periodicidade da revista foi semestral. No ano de 2001, tivemos apenas uma edição anual e, em 2002, a revista Intexto passou por um período de reformulações, interrompendo temporariamente sua publicação. A partir de 2003, a edição é retomada sob a coordenação do Professor Dr. Alex Primo (UFRGS). No primeiro semestre de 2015, sob a coordenação do Prof. Dr. Alexandre Rocha da Silva, adotamos o online first para dar acesso aos textos tão logo tenham passado por todas as avaliações e passamos a publicar três edições da Intexto por ano (periodicidade quadrimestral), indo ao encontro da “[...] demanda social por agilidade na sociabilização dos resultados das pesquisas em andamento nas nossas universidades.” (BARROS; SILVA; FRAGOSO, 2015).

Na décima nona edição, no segundo semestre de 2008,  tivemos a migração de plataforma da revista do ILEA (Instituto Latino-americano de Estudos Avançados) para o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER).  Nesse período,  adotamos novos projetos de identidade visual e gráfico. Essas modificações ocorreram no período de coordenação da Profª Drª Miriam de Souza Rossini e do Conselho Editorial composto por Drª Ida Stumpf, Drª Karla Muller, Drª Lizete Oliveira, Drª Marcia Benetti e Dr Rudimar Baldissera (ROSSINI, 2008).

Os formatos de trabalhos publicados pela revista são: artigos científicos, ensaios, entrevistas e resenhas. Seguindo os procedimentos editoriais, orientados pelo Qualis para periódicos científicos, os trabalhos devem ser inéditos, ter possibilidade de impacto sobre o campo e presar pela diversidade de perspectivas, acolhendo propostas enviados por pesquisadores, de diferentes regiões do país e do exterior. Eventualmente, podem ser publicados dossiês temáticos, com a contribuição de especialistas da área. O primeiro dossiê publicado versou sobre Jornalismo Internacional, e foi lançado na edição de n. 28 em 2013. A partir de 2015, o Conselho Editorial decidiu publicar, no mínimo, um dossiê por ano, contribuindo com o aprofundamento do debate de temas emergentes.

As normas de envio para publicação, em 1997, eram através dos meios impresso, eletrônico (e-mail) ou físico (disquete 3 1/2, formato de gravação em disco). As recomendações para formatação do texto eram: fonte Times New Roman, tamanho 12 pt, estilo regular, com espaçamento duplo entre as linhas. As notas de rodapé seguiam a mesma tipografia, porém com alteração no tamanho (10 pt), espaçamento simples e dispostas no fim das páginas. O formato do arquivo deveria ser compatível com o processador de texto Word, da Microsoft, pois era o mais difundido entre os usuários de PC (personal computer). Além desses aspectos técnicos, outras informações necessárias eram: atribuição de título, nome do autor, com referência sobre seu vínculo profissional ou acadêmico (docente ou discente), acompanhado por um resumo sobre o autor (em até 10 linhas), com endereço residencial, contato telefônico, e-mail e URL de site do autor e/ou instituição. Atualmente, o processo é eletrônico, com cadastro dos autores no sistema e posteriormente envio de seus trabalhos, como consta na área de “Submissões Online”, no site da própria revista e dentro do template cuidadosamente elaborado para facilitar a leitura e conferir identidade à publicação.

Apesar de a revista contar com participação de autores de diferentes localidades desde sua criação, a partir de seu trigésimo número (no ano de 2014), o Conselho Editorial da revista formado pelos professores doutores Alexandre Rocha da Silva, Ana Taís Martins Portanova Barros e Suely Fragoso reforçaram o compromisso com a internacionalização e circulação da produção dessa publicação. Entre as medidas adotadas estão:  o aceite de submissões de trabalhos nas línguas inglesa, francesa, italiana e espanhola e a otimização dos fluxos editoriais, garantindo assim o ineditismo de conteúdo. Acompanhando tais modificações, o site é reformulado para a leitura em português, espanhol, francês e inglês, conferindo assim acessibilidade e visibilidade aos trabalhos que publica.

Atualmente, a Intexto encontra-se indexada em bases nacionais e internacionais e segue seu compromisso de difundir a pesquisa no campo da Comunicação através de processos que aliam os aspectos éticos da pesquisa científica à excelência nos processos editoriais e nos trabalhos que publica.

 

 

REFERÊNCIAS

BARROS, Ana Taís Martins Portanova; SILVA, Alexandre Rocha; FRAGOSO, Suely. Apresentação. Intexto, Porto Alegre, n. 32, jan./abr. 2015. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/55920/33983>. Acesso em: 1 set. 2015.

 MILMAN, Luis. Apresentação. Intexto, Porto Alegre, n. 1, p. 1-3, jan./jun. 1997. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/58432/34993>. Acesso em: 19 nov. 2015.

 ROSSINI, Miriam de Souza. Apresentação. Intexto, Porto Alegre, n. 19, p. 1-3, jul./dez. 2008. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/8015/4780>. Acesso em: 19 nov. 2015.

 

OUTRAS INFORMAÇÕES

Publicadora: Universidade Federal do Rio Grande do Sul

País de Publicação: Brasil

Plataforma/Servidor/Agregador: SEER (UFRGS)

Idiomas para textos completos: Português, Espanhol, Francês, Italiano e Inglês