IMAGENS DAS LAVADEIRAS DA CIDADE DE GOIÁS EM REPOSITÓRIOS MUSEAIS

Autores

  • Gleidson Moreira Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.22456/1984-1191.133287

Palavras-chave:

Imagem. Grafia. Digitais. Repositórios.

Resumo

Este artigo é resultado de uma pesquisa etnográfica para a minha tese (PPGAS/UFG) realizada durante a pandemia (2020/2021). Trata-se de imagens digitalizadas das lavadeiras da Cidade de Goiás disponibilizadas pelo Departamento de Imagem e Som do Museu Zoroastro Artiaga, de Goiânia - GO e do Museu das Bandeiras, da Cidade de Goiás - GO. A problemática diz respeito ao estatuto da grafia (Kofes, 2015) que estas imagens inscrevem (Bruno, 2023), o que possibilita entender como viviam, interpretavam a vida, seus saberes e suas histórias. Orientado teórico-metodologicamente por imagens que formam grafias (Ingold, 2007) de vida, as narrativas visuais revelam outro detalhe para o fazer antropológico, os arquivos de imagens digitais não são “zona morta”, surgem das contingências de forças criadoras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BERGSON, Henri. Matéria e memória: ensaio da relação do com o espírito. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

BRUNO, Fabiana. As muitas vidas das imagens. Revista Iluminuras, Porto Alegre, v. 24, n. 64, p. 52-73, maio, 2023.

COMO conduzir uma etnografia durante o isolamento social. [S. l.: s. n.]: 2020. 1 vídeo (20min13s). Publicado pelo canal Daniel Miller. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=NSiTrYB-0so&ab_channel=DanielMiller. Acesso em: 20 mar. 2021.

DEBARY, Octave. Antropologia dos restos: da lixeira ao museu. trad. Maria Letícia Mazzucchi Ferreira. 1ª edição. Pelotas: Um2, 2017.

INGOLD, Tim. Linhas: uma breve história. Tradução de Lucas Bernardes. Petrópolis: RJ: Vozes, 2022. Original: Lines: a brief history. London: Routledge, 2007.

INGOLD, Tim. Trazendo as coisas de volta à vida: emaranhados criativos num mundo de materiais. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, 18 (37), jun. 2012.

KOFES, Suely e MANICA, Daniela (orgs). Vida e grafias: Narrativas antropológicas entre biografia e etnografia. 1ª edição. RJ: Lamparina, 2015.

STALLYBRASS, Peter. O casaco de Marx: roupas, memórias e dor. Belo Horizonte: Autêntica. 1993.

TALARICO, Guilherme. O fotógrafo Alóis Feichtemberger na construção de Goiânia (1936): imagens alegóricas da modernidade. In: COLÓQUIO SOBRE WALTER BENJAMIN E AS IMAGENS DA HISTÓRIA, 2013, Goiânia. Anais [...]. Goiânia: UFG, 2013. Disponível em: https://www.academia.edu/11559433/O_fot%C3%B3grafo_Alois_Feichtenberger_na_constru%C3%A

%C3%A3o_de_Goi%C3%A2nia_1936_imagens_aleg%C3%B3ricas_da_modernidade. Acesso em: 20 mar. 2021.

Downloads

Publicado

2023-10-07

Como Citar

MOREIRA, G. IMAGENS DAS LAVADEIRAS DA CIDADE DE GOIÁS EM REPOSITÓRIOS MUSEAIS. ILUMINURAS, Porto Alegre, v. 24, n. 65, p. 286–299, 2023. DOI: 10.22456/1984-1191.133287. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/iluminuras/article/view/133287. Acesso em: 23 fev. 2024.