Putz! Por que as interjeições são diferentes?

Problemas formais na Morfologia e na Fonologia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2236-6385.130160

Resumo

O presente trabalho investiga a classe de palavras referida pela Gramática Tradicional como “interjeições”, debruçando-se sobre suas principais propriedades fônicas, estruturais e de significado. Primeiramente, mostramos como e por que interjeições constituem um objeto linguístico formal legítimo e, em seguida, quais são suas principais características bem como que tipo de problema colocam para uma formalização morfológica e sintática. Posteriormente, discutimos suas propriedades fônicas e argumentamos que muito da visão de “anomalia fonológica” das interjeições é fruto de observações sobre a palavra ortográfica e não sobre sua composição sonora. Por fim, ancorados na Morfologia Distribuída (HALLE; MARANTZ, 1993, 1994), nós instanciamos um tratamento formal para alguns dos problemas levantados e, na sequência, sinalizamos aqueles que permanecem em aberto, aguardando trabalhos futuros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-10-05

Como Citar

RESENDE, M.; SILVA, A. Putz! Por que as interjeições são diferentes? Problemas formais na Morfologia e na Fonologia. Cadernos do IL, [S. l.], n. 65, p. 57–81, 2023. DOI: 10.22456/2236-6385.130160. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/cadernosdoil/article/view/130160. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos de estudos linguísticos