[1]
G. R. Souza e D. G. Trevisan, “Estudo investigativo sobre idosos, jogos e sua motivações”, Cinf, vol. 8, nº 3, p. 35–40, out. 2014.