Os novos gaúchos e seus novos endereços - população e urbanização no Rio Grande do Sul

Autores

  • Neiva Otero SCHÄFFER Departamento de Geografia / Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

novos gaúchos, novos endereços, população, urbanização, Rio Grande do Sul

Resumo

Este texto trata, de forma sumarizada, das principais alterações e tendências que se manifestam no quadro da população do Estado, considerando-se os dados disponíveis mais recentes. Importa saber, então, quantos e como são esses gaúchos; qual o seu espaço de vida, seus novos endereços. No entanto, um tratamento centrado em informações demográficas, via de regra estatísticas, e que, no caso, dirige-se especialmente àqueles que atuam no ensino de 1º e 2º graus, impõe algumas considerações iniciais.

A população, de uma forma ou outra, está presente em todos os temas de Geografia. Nesses estudos é importante ter presente que "... o fenômeno humano é dinâmico e uma das formas de revelação desse dinamismo está exatamente, na transformação qualitativa e quantitativa do espaço habitado" (Santos; 1989, p.41). A avaliação dessas transformações do espaço geográfico deve salientar a complexidade das mudanças, em diferentes escalas, bem como o significado dessas transformações. Essa tarefa de avaliação é permanente em Geografia. O Rio Grande do Sul, como espaço ao qual dedicamos nosso esforço de pesquisa e de ensino, torna-se, por tal razão, o foco maior de revisão constante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads