DO MERCADO IMOBILIÁRIO AO DISTANCIAMENTO SOCIAL: OS MÚLTIPLOS DESAFIOS DOS ESPAÇOS PÚBLICOS CONTEMPORÂNEOS

Autores

  • Rosiéle Melgarejo Silva Colégio Estadual Júlio de Castilhos.

Palavras-chave:

Espaço Público, Parcerias público-privadas, Pandemia.

Resumo

A pandemia do Coronavírus desafia pensar sobre os rumos da cidade no atual contexto em que mais da metade da população mundial vive em aglomerações urbanas. Assim, o objetivo deste artigo é refletir sobre as tendências dos espaços públicos frente à pandemia, demonstradas por meio das alianças público-privadas, sobre como esse contexto interfere nos efeitos da pandemia e alertar para os avanços do mercado. A tendência atual demonstrada através da política de adoção de espaços públicos se verifica para além do caso da cidade de Porto Alegre, sendo reproduzidas pela maioria das grandes metrópoles brasileiras. Assim, se identifica como norma a entrada cada vez mais intensa da lógica da especulação imobiliária nos espaços públicos brasileiros. O distanciamento social, imposto pela pandemia, se soma com essas tendências demonstrando os múltiplos desafios construídos historicamente e presentes nos espaços públicos contemporâneos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosiéle Melgarejo Silva, Colégio Estadual Júlio de Castilhos.

Licenciada em Geografia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Doutora em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente professora de Geografia na rede estadual do Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

2021-10-05

Edição

Seção

Artigos