[1]
L. C. do Espírito Santo, “Tristão: um herói romântico?”, Aedos, vol. 2, nº 2, jun. 2009.