[1]
E. J. G. Moreira e A. O. Barbisan, “Estudo comparativo da eficiência entre um consultório convencional fixo e uma ambulância odontológica em atividades extra-murais”, R. Fac. Odontol. Porto Alegre, p. 121–138, set. 2021.