O ruído como indício da técnica: uma possibilidade poética na pintura contemporânea

Autores

  • Ricardo de Pellegrin Universidade Federal de Santa Maria

Resumo

Este artigo se constitui de uma aproximação entre pintura, cinema e fotografia, no qual se perseguiu o conceito de ruído, compreendido como indício do uso de aparatos técnicos no fazer artístico, em uma análise suscitada pela produção pictórica desenvolvida no ano de 2011. O estudo foi pautado nas considerações do teórico Jacques Aumont e do filósofo Michel Serres, autores que serviram de aporte para a elaboração de um panorama das questões que rodeiam a imagem técnica como instrumento poético.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo de Pellegrin, Universidade Federal de Santa Maria

Graduado em Artes Visuais pela Universidade Federal de Pelotas, UFPEL. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais na Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, bolsista CAPES.

Downloads

Publicado

2011-12-23

Edição

Seção

Artigos