AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO DISCURSIVA ORAL NO ENVELHECIMENTO E SUA RELAÇÃO COM ESCOLARIDADE E HÁBITOS DE LEITURA E ESCRITA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2316-2171.103242

Palavras-chave:

Envelhecimento, Produção Discursiva Oral, Escolaridade, Hábitos de Leitura, Hábitos de Escrita

Resumo

A presente revisão sistemática tem por objetivo verificar quais as tarefas comumente utilizadas para elucidação da produção discursiva oral do adulto idoso e sua relação com escolaridade e hábitos de leitura e escrita. Para tanto, buscaram-se artigos publicados nas bases de dados Scopus, Web of Science, PubMed, MEDLINE e LILACS. Os termos utilizados foram (“discourse production” OR “oral production” OR “narrative production”) AND (aging OR elderly OR “older adults”) AND (education OR schooling OR “reading habits” OR “writing habits”). Os critérios de seleção incluíram: (a) artigo original avaliado por pares; (b) com foco na produção discursiva oral no envelhecimento típico; (c) publicado entre 1990 e 2019. Foram encontrados, no total, 456 registros, dos quais 393 foram excluídos pelo título e 12 após leitura na íntegra, por não se relacionarem ao tema. De acordo com os critérios de seleção, 19 artigos foram selecionados. Verificou-se que grande parte das pesquisas utiliza tarefas baseadas em estímulos visuais, sobretudo em seu formato sequencial, enquanto uma pequena parte utiliza tarefas baseadas em eventos autobiográficos, conversações livres ou descrição de procedimentos. Algumas pesquisas compararam a produção discursiva oral da amostra em questão em diferentes tarefas. Poucos estudos incluíram a variável escolaridade em seus experimentos, enquanto nenhum estudo investigou o efeito dos hábitos de leitura e escrita. Devido à sua complexidade, estudos no nível do discurso precisam considerar a influência do tipo de tarefa para a elucidação do processamento, assim como fatores sociodemográficos e culturais dos seus participantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bárbara Luzia Malcorra, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de Rio Grande do Sul (PUCRS), bolsista CNPq. Mestre em Letras pela mesma instituição. Licenciada em Letras com habilitação Português e Inglês pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS).

Maximiliano Agustin Wilson, Université Laval

Professor titular da Faculté de Médecine da Université Laval e pesquisador do CERVO Research Center, Quebec City, Quebec, Canadá. Doutor em Ciências da Saúde pela Universidade de Buenos Aires, Argentina.

Lilian Cristine Hübner, Pontifícia Universidade Católica de Rio Grande do Sul

Professora Adjunta do Curso de Letras (Inglês e Português) da Pontifícia Universidade Católica de Rio Grande do Sul (PUCRS) e do Programa de Pós-Graduação em Letras da PUCRS. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Formada em Letras Português-Inglês e Respectivas Literaturas pela UNIVATES (RS). Doutora em Linguística e Inglês pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Downloads

Publicado

2021-12-28

Como Citar

Malcorra, B. L., Wilson, M. A., & Hübner, L. C. (2021). AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO DISCURSIVA ORAL NO ENVELHECIMENTO E SUA RELAÇÃO COM ESCOLARIDADE E HÁBITOS DE LEITURA E ESCRITA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. Estudos Interdisciplinares Sobre O Envelhecimento, 26(2). https://doi.org/10.22456/2316-2171.103242

Edição

Seção

Artigos