[1]
J. Andueza e P. Lavega, “INCIDÊNCIA DOS JOGOS COOPERATIVOS NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS”, Movimento, vol. 23, nº 1, p. 213–228, mar. 2017.