[1]
Bernardi, G.B. e Fazenda Junior, C.A.P. 2018. CRÍTICA AO “ESCOLA SEM PARTIDO”: UM OLHAR PELA PERSPECTIVA CRÍTICO-SUPERADORA DA EDUCAÇÃO FÍSICA. Movimento. 24, 3 (set. 2018), 1029–1040. DOI:https://doi.org/10.22456/1982-8918.79511.