ASPECTOS COMUNS DA ORGANIZAÇÃO SOCIAL KAINGANG, XAVANTE E BORORO

Juliana Soares

Resumo


Durante o desenvolvimento do Projeto Taió (Arqueologia do Planalto Catarinense), foram realizadas pesquisas etno-históricas a respeito dos Jê Meridionais - Tradição Taquara/Itararé e seus descendentes Kaingang. Os resultados desses estudos levaram a necessidade de obter dados que permitam discutir como se constituiu a identidade étnica do grupo, percebendo de que maneira o processo migratório para a Região Sul influenciou sua especificidade cultural. A estratégia utilizada para abordar a questão foi perceber o Kaingang dentro do contexto dos Povos Jê, confrontando-o, através de analise comparativa, com as sociedades Xavante e Bororo a fim de mapear elementos distintos e comuns de suas estruturas de organização social. Os resultados obtidos vêm auxiliar os estudos culturais Kaingang e a interpretação de dados arqueológicos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-6524.3114

Qualis Área de Avaliação Classificação ANTROPOLOGIA / ARQUEOLOGIA B1 CIÊNCIAS AMBIENTAIS B2 COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO B2 DIREITO B3 EDUCAÇÃO B3 HISTÓRIA B3 INTERDISCIPLINAR B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 LINGUíSTICA E LITERATURA B2 MEDICINA II B5 PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL / DEMOGRAFIA B3 PSICOLOGIA B3 SOCIOLOGIA