APLICAÇÃO DE INDICADORES DE DESEMPENHO NOS MUNICÍPIOS COM MAIOR ORÇAMENTO DAS MESORREGIÕES DO RS

Autores

Palavras-chave:

Análise, Demonstrações Contábeis, Orçamento Público, Indicadores de Desempenho.

Resumo

As demonstrações contábeis constituem o principal meio de divulgação das informações das entidades públicas, as quais são analisadas com o emprego de indicadores de desempenho, visando evidenciar a gestão dos recursos públicos. Este estudo objetiva realizar a análise de indicadores de desempenho nas demonstrações contábeis dos municípios com maior orçamento de cada uma das sete mesorregiões do estado do Rio Grande do Sul, nos anos 2018, 2019 e 2020. Caracteriza-se como uma pesquisa aplicada, descritiva e quantitativa, por meio de levantamento de dados nas demonstrações contábeis dos municípios selecionados, os quais foram analisados pela análise interpretativa. Como resultados deste estudo pode-se destacar que Caxias do Sul demonstra que parte das disponibilidades estão comprometidas com as obrigações, que não sobrou receitas correntes para aplicar em investimentos e que foram utilizados recursos de anos anteriores para realização das despesas. Passo Fundo evidencia que não tem disponibilidades para pagamento da dívida fundada, que sobrou receitas correntes para realizar investimentos e que parte dos recursos foram utilizados para pagamento da dívida. Pelotas demonstra que as disponibilidades estão comprometidas com as obrigações. Porto Alegre apresenta os maiores valores no indicador receita tributária per capita. Santa Maria e Santa Cruz do Sul demonstram que tem disponibilidade de recursos para pagamento das dívidas, que parte das receitas de capital são operações de crédito e que parte dos gastos são com despesas obrigatórias. E Uruguaiana aponta que parte dos recursos foram aplicados em investimentos e parte comprometido com pagamento da dívida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeferson Luís Lopes Goularte, Universidade Federal do Pampa

Doutorado em Ciencias de la Educación pela Universidad Nacional de Rosario. Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade da Região da Campanha. Professor na Universidade Federal do Pampa, Campus Santana do Livramento.

Gabriela Cappellari, Universidade Federal do Pampa

Doutorado em Desenvolvimento Regional pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Graduada em Administração pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Professora na Universidade Federal do Pampa, Campus Santana do Livramento.

Leonardo Minelli, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense

Mestrado em Informática pela Universidade Federal de Santa Maria. Graduado em Informática pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Professor no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, Campus Santana do Livramento.

Mauren Correa dos Santos Benites, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense

Mestrado em Administração pela Universidade Federal do Pampa. Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade da Região da Campanha. Contadora no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, Campus Santana do Livramento.

Downloads

Publicado

2022-04-30