Estudo sorológico de isolados de Brachyspira pilosicoli de suínos da região sul do Brasil

Authors

  • Luís Eduardo Razia
  • Tania Allen Coutinho UFRGS
  • Sandra Maria Borowski FEPAGRO
  • William Asanome UFRGS
  • Felipe Leonardo Köller UFRGS
  • David Emilio Santos Neves de Barcellos UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-9216.16895

Keywords:

Brachyspira pilosicoli, Suínos, Sorologia, Microaglitinação, Colite espiroquetal

Abstract

A colite espiroquetal, doença infecciosa causada pela

 

Brachyspira pilosicoli, foi recentemente descrita no Brasil e causa significativas perdas à produção suinícola por diarréia, perda de peso e piora da conversão alimentar. O agente é anaeróbico, fastidioso e a infecção causada pelo mesmo de difícil diagnóstico laboratorial. Dessa forma, o desenvolvimento de técnicas de diagnóstico nessa área apresenta particular relevância. No presente trabalho buscou-se analisar isolados da bactéria através da técnica sorológica da microaglutinação. Foram produzidos em coelhos soros hiperimunes contra duas amostras de referência de B. pilosicoli, 20 amostras da bactéria isoladas no Estado do Rio Grande do Sul e uma cepa de referência de outra espiroqueta patogênica (B. hyodysenteriae). Reagindo todas as cepas contra todos os soros, foram detectados vários padrões de reatividade cruzado. Pela grande variabilidade dos títulos, não houve possibilidade estabelecer um padrão sorológico capaz de permitir um agrupamento das bactérias analisadas em sorotipos. A existência dessa discrepância nas aglutinações realizadas com soros homólogos e heterólogos sugere compartilhamento de antígenos (cadeias laterais de açúcares) entre as amostras ou diferenças de quantidade dos açúcares na membrana celular externa. Por reagir contra todas as cepas de B. pilosicoli com título superiores a 1:1120, o antissoro produzido contra a amostra SIPV14 poderia ser utilizado em provas de diagnóstico, como a imuno-histoquímica e ELISA. Por reagir com todos os soros com títulos superiores a 1:2880, a cepa SIPV42 seria a mais indicada para ser utilizada para a produção de vacina para a prevenção da infecção intestinal contra a B. pilosicoli (colite espiroquetal).

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Luís Eduardo Razia

Tania Allen Coutinho, UFRGS

 

 

Setor de Suínos da Faculdade de Veterinária da UFRGS, Porto Alegre/RS.

Sandra Maria Borowski, FEPAGRO

 

 

CPVDF - FEPAGRO.

William Asanome, UFRGS

 

 

Setor de Suínos da Faculdade de Veterinária da UFRGS, Porto Alegre/RS.

Felipe Leonardo Köller, UFRGS

 

 

Setor de Suínos da Faculdade de Veterinária da UFRGS, Porto Alegre/RS.

David Emilio Santos Neves de Barcellos, UFRGS

 

 

Setor de Suínos da Faculdade de Veterinária da UFRGS, Porto Alegre/RS.

Published

2018-06-27

How to Cite

Razia, L. E., Coutinho, T. A., Borowski, S. M., Asanome, W., Köller, F. L., & Barcellos, D. E. S. N. de. (2018). Estudo sorológico de isolados de Brachyspira pilosicoli de suínos da região sul do Brasil. Acta Scientiae Veterinariae, 32(3), 185–193. https://doi.org/10.22456/1679-9216.16895

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)

> >>