Ceratomicose eqüina causada por Aspergillus flavus

Authors

  • Mauro Luis da Silva Machado UFRGS
  • Luciana Oliveira de Oliveira UFRGS
  • Carlos Afonsode Castro Beck UFRGS
  • Michelle Schroeder Nunes da Conceição
  • Laerte Ferreiro UFRGS
  • David Driemeier UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-9216.14829

Keywords:

Ceratomicose, Aspergilose, Aspergillus flavus, Córnea, Eqüinos

Abstract

Ceratomicoses são infecções da córnea causadas por fungos advindos da microbiota conjuntival ou do meio ambiente introduzidos no estroma corneano subseqüente a trauma ou infecção bacteriana preexistente. Dentre as espécies animais, os eqüinos são os mais suscetíveis devido a fatores como a alta prevalência de organismos fúngicos no saco conjuntival em animais hígidos, a freqüente introdução acidental de matéria vegetal contendo fungos na região ocular, e a freqüente utilização de corticosteróides tópicos nas injúrias oculares, o que facilita a infecção fúngica secundária. Os fungos das espécies

 

Aspergillus, Fusarium, Alternaria, Penicillium e Cladosporium são citados como os agentes mais comuns de ceratomicose eqüina nos EUA. A prevalência destes agentes pode variar de acordo com a região e época do ano, sendo as regiões quentes e úmidas as mais propícias para o desenvolvimento de fungos. O diagnóstico baseia-se nos sintomas, na pesquisa de hifas no exame citológico de raspado corneano ou histopatológico, e na cultura fúngica de material advindo da córnea lesada no intuito de identificar-se o gênero e a espécie do fungo. O tratamento visa controlar a infecção bacteriana e fúngica, a uveíte anterior, a dor e também a lise corneana. Freqüentemente é também necessária a intervenção cirúrgica. O relato descreve um caso de ceratomicose eqüina causada por Aspergillus flavus, manejado clínica e cirurgicamente e com resolução favorável, atendido no Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre - RS, Brasil.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Mauro Luis da Silva Machado, UFRGS

Luciana Oliveira de Oliveira, UFRGS

 

 

Clínica e Cirurgia de Grandes Animais, HCV-UFRGS.

Carlos Afonsode Castro Beck, UFRGS

 

 

Clínica e Cirurgia de Grandes Animais, Faculdade de Veterinária (FaVet)-UFRGS.

Michelle Schroeder Nunes da Conceição

 

 

Médica Veterinária autônoma

Laerte Ferreiro, UFRGS

 

 

Setor de Micologia, Departamento de Patologia Clínica Veterinária (DPCV), FaVet-UFRGS.

David Driemeier, UFRGS

 

 

Setor de Patologia Clínica Veterinária, DPVC, FaVet-UFRGS, Porto Alegre, RS/Brasil.

Published

2018-06-27

How to Cite

Machado, M. L. da S., Oliveira, L. O. de, Beck, C. A. C., Conceição, M. S. N. da, Ferreiro, L., & Driemeier, D. (2018). Ceratomicose eqüina causada por Aspergillus flavus. Acta Scientiae Veterinariae, 33(2), 219–223. https://doi.org/10.22456/1679-9216.14829

Issue

Section

Hospital Forum

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 4 5 6 7 8 > >>