v. 3, n. 5 (2002)

Memórias afetivas e a força dos sentidos