Condomínio Chapéu do Sol

Cornelia Eckert, Magda Pinto Viana

Resumo


Este trabalho terá como objetivo investigar as relações de conflito ocorridas entre o poder público municipal, representado pelo DEMHAB – Departamento Municipal de Habitação e a associação de moradores, envolvidas no reassentamento das famílias das vilas irregulares que localizavam-se na sua maioria no bairro Belém Novo, às margens do Rio Guaíba e outras em localidades próximas, pertencendo a região do extremo sul do município. Pretendemos avaliar o esforço realizado pelo DEMHAB no de promover uma conscientização dos moradores quanto a melhoria da “qualidade de vida”, tanto nos aspectos sanitários quanto urbanístico e ecológico. Analisaremos ainda o processo de mobilização dos moradores no sentido de criar uma consciência voltada para o exercício da cidadania, principalmente no que se refere as noções de participação e organização na busca de seus interesses.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.9247

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - BIEV/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191