De Buenos Aires a Pampulha: Reciprocidade e Deslocamentos Urbanos entre Estudantes Argentinos/as em Belo Horizonte

Antônio Augusto Oliveira Gonçalves

Resumo


Neste artigo, busco relatar algumas experiências afetivossexuais de estudantes intercambistas em Belo Horizonte (MG). Estes/as universitários/as vêm de cidades da Argentina para estudar na capital mineira por um período de seis meses e residem nas moradias universitárias da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Pelas observações etnográficas e entrevistas, notei que a vida no intercâmbio era filtrada pela existência social das moradias, pelas relações que ali se principiavam. Neste contexto de coabitação, havia certas práticas disciplinares, uma arquitetura panóptica e um controle da entrada de visitantes, isto forçava os/as intercambistas a se envolver em trocas de objetos e favores para tornar possíveis seus encontros afetivos. A circulação de bens além de forjar uma trama de reciprocidade entre os/as residentes, também afetava os seus itinerários urbanos, conformando-os numa escassa mobilidade, circunscrita na região da Pampulha.

Palavras-chave: Intercâmbio acadêmico.Panóptico.Socialidades. Sentidos do lugar. Trajetos urbanos.

 


FROM BUENOS AIRES TO PAMPULHA:

Reciprocity and urban displacements among argentine students in Belo Horizonte

 

Abstract

This paper is aimed at relating some affective and sexual experiences of exchange students in Belo Horizonte (MG). These university students come from cities in Argentina to study in the Capital of Minas Gerais for a six months period and reside in the university residences of the Federal University of Minas Gerais (UFMG). From the ethnographic observations and interviews, I noticed that life in the interchange was filtered by the social existence of the dwellings, by the relations that began there. In this context of cohabitation, there were certain disciplinary practices, a panoptic architecture and a control of the entrance of visitors that forced the exchange students to engage in exchanges of objects and favors to make possible their affective encounters. The circulation of goods, in addition to forging a pattern of reciprocity among residents, also affected their urban itineraries, making them less mobile, circumscribed in the Pampulha region.

Keywords: Academic exchange. Panopticon. Socialities. Senses of the place. Urban paths.


Palavras-chave


Intercâmbio acadêmico.Panóptico.Socialidades. Sentidos do lugar. Trajetos urbanos

Texto completo:

119-141 PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.89028

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - NUPECS/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191