Da sala à cidade: aulas de arqueologia histórica no centro de Teresina

Fabrícia de Oliveira Santos

Resumo


As atividades voltadas para ações de reconhecimento do patrimônio cultural coletivo devem envolver práticas reiteradas de aproximação entre pessoas e suas referências culturais. Mas, como não se trata de qualquer aproximação, mecanismos devem ser acionados para evitar a construção patrimônios culturais inertes, ou aprofundar o distanciamento. Entre as possíveis ações, práticas pedagógicas desenvolvidas em disciplinas de cursos de graduação, como os de Arqueologia, podem proporcionar discussões reiteradas sobre o patrimônio cultural e gerar meios para diminuir esse distanciamento. O presente artigo discute uma experiência de aproximação com o patrimônio cultural urbano em Teresina, no Piauí, desenvolvida por meio de visitas orientadas em duas praças, à luz do entendimento de ver/ler esses equipamentos urbanos na lógica da produção do espaço dessa cidade, inseridos no movimento desigual e combinado do capitalismo. Entre os resultados, um norteamento teórico e prático entre os discentes sobre processo de destruição e construção do patrimônio cultural urbano em Teresina.

Palavras-chave: Reconhecimento Patrimonial. Espaço urbano. Praças. Visitas orientadas.

From classroom to city: lessons of historical archaeology in city center of Teresina

Abstract

Activities concerning actions directed at recognizing collective cultural heritage should involve repeated practices to encourage the approximation of people and their cultural references. However, as this is not just any approximation, mechanisms should be put in place to avoid the construction of inert cultural heritage, and to avoid increasing the distance. Among the possible actions, pedagogical practices developed in undergraduate courses, such as Archeology, can lead to repeated discussions about cultural heritage and generate ways of reducing this distance. This article discusses and experience of approximation with the cultural heritage of Teresina, Piauí, developed by way of guided visits to two squares, shedding light on seeing/reading these urban resources through the logic of the production of space in that city, within the organized and unequal movement of capitalism. One of the results was a theoretical and practical orientation among the students of the process of destruction and construction of urban cultural heritage in Teresina.

Key words: Recognition of heritage. Urban space. Squares. Guided visits.


Texto completo:

355-371 PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.53156

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - BIEV/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191