Um diálogo com os fotógrafos do Horto: um ofício na era digital

Autores

  • Marcelo Eduardo Leite Professor Adjunto da Universidade Federal do Ceará, Campus Cariri.
  • Thiago Zanotti Carbinati Doutorando em Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
  • Carla Adelina Craveiro Silva Graduanda em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará, Campus Cariri.
  • Leylianne Alves Vieira Graduanda em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará, Campus Cariri.

DOI:

https://doi.org/10.22456/1984-1191.34755

Palavras-chave:

Fotografia. Romaria. Juazeiro do Norte. Digital.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo discutir alguns aspectos das transformações vividas pela fotografia realizada nas romarias de Juazeiro do Norte, Cariri cearense. São mudanças decorrentes do avanço da fotografia digital, fruto da democratização da mesma, que faz com que os visitantes de tais eventos sejam autônomos na produção de suas imagens. A fotografia de romaria uma espécie de deslocamento do tradicional estúdio desenvolvido no século XIX, seu encontro com a fotografia amadora, típico evento do século XX, nos permite entender como duas vertentes tensionam ao encontrar-se. Ainda, por ter a mídia digital como elemento, faz essa questão ainda mais pertinente, nossa pesquisa faz uso das fotos-entrevistas para compreender entender melhor esse fenômeno, dando aos próprios fotógrafos a oportunidade de discutir sua própria realidade.

Palavras chave: Fotografia. Romaria. Juazeiro do Norte. Digital.

 

"A dialogue with photographers of Horto: a profession in digital age"

 

Abstract

 

This article has as its objective to discuss some aspects of the transformations lived by the photography performed on the pilgrimages of Juazeiro do Norte, Cariri region from Ceará. They are changes which result of the advancement of digital photography, fruit of its democratization that makes the visitors become autonomous in production of their images. In the photography of pilgrimage there is a kind of displacement from the traditional atelier developed in the nineteenth century, and, there is also its meeting with the amateur photography, typical event of the twentieth century, which allow us to understand how two strands are related when they encounter themselves. In that sense, for having the digital media as an element, this question is even more relevant. Our research makes the use of photointerviews to better understand this phenomenon, giving to the photographers the opportunity of discussing their own reality.

Keywords: Photography. Pilgrimage. Juazeiro do Norte. Digital.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Eduardo Leite, Professor Adjunto da Universidade Federal do Ceará, Campus Cariri.

Bacharel em Ciências Sociais e Mestre em Sociaologia pela UNESP. Doutor em Multimeios pela UNICAMP. Professor de Fotografia na Universidade Federal do Ceará.

Thiago Zanotti Carbinati, Doutorando em Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Bacharel em Ciências Sociais pela UFES e Mestre em Antroplogia e Sociologia pela UFRJ.

Carla Adelina Craveiro Silva, Graduanda em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará, Campus Cariri.

Bolsista do Programa de Iniciação a Docência pela Universidade Federal do Ceará, Campus Cariri. Pesquisadora do Laboratório de Narrativas Fotoetnográficas.

Leylianne Alves Vieira, Graduanda em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará, Campus Cariri.

Bolsista de Extensão pela Universidade Federal do Ceará, Campus Cariri. Pesquisadora do Laboratório de Narrativas Fotoetnográficas - LANAF.

Downloads

Publicado

2013-03-12