“No tempo da enchente de 2008”: redes de emergência e de solidariedade em face da catástrofe em Itajaí, SC.

Débora Bueno Gomes

Resumo


Esta pesquisa insere-se no campo de discussão da Antropologia Urbana e Visual. O objetivo é elaborar um estudo antropológico sobre a memória coletiva e traumática da população de Itajaí/SC que enfrentou em 2008 uma catástrofe climática/ambiental. A enchente vivenciada propiciou a emergência de novas redes de interação e sociabilidade que podem ser definidas como relações de reciprocidade e solidariedade entre os indivíduos envolvidos. A construção dessas redes de solidariedade de caráter emergencial está fundamentada teoricamente na perspectiva de Lomnitz que, ao estudar comunidades populares, destacou sua centralidade constituída sobre o sistema de reciprocidade em que predominavam vínculos horizontais enquanto estratégia de sobrevivência. A etnografia da duração orienta a pensar acerca das trajetórias pessoais e coletivas que configuram as temporalidades da cidade, os tempos de crise e de continuidade da população vitimada.

Palavras chave: Etnografia da duração. Redes sociais. Crise.

 

Networks of Emergency Solidarity established from ruptures in daily lives: 2008 floods, Itajaí/SC

 

Abstract

 

This research belongs to the discussion field of Urban and Visual Anthropology. It consists of an anthropological study concerning collective and traumatic memory among the population of Itajaí/ SC, where an environmental/ climatic catastrophe took place in 2008. The flood experience brought into being new networks of interaction and sociability, which may be defined as relations of reciprocity and solidarity among the people involved. The analytical construction of these emergency solidarity networks is based theoretically on the Lomnitz's perspective. She, while studying poor communities, highlights the centrality of reciprocity systems that predominate horizontal links as surviving strategies. The ethnography of the duration incites us to reflect upon personal and collective trajectories which configure the temporality within the city, the period of crises and the continuity of the victimized population.

Keywords: Ethnography of the duration. Social networks. Crises.


Palavras-chave


Etnografia da duração. Redes sociais. Crise.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.21089

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - BIEV/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191