Cinema documental e realidade social

Luiz Eduardo Jorge

Resumo


Este texto aborda o lugar do cinema  na pesquisa social, tendo como referência as primeiras matrizes da história do cinema documental  que consideraram e defenderam a especificidade desse gênero cinematográfico. A partir dessas matrizes e do conceito de representação nelas contido, o texto apresenta o argumento que deu origem ao curta metragem “Césio 137 – O Brilho da Morte”. Como pressuposto teórico foi considerado a relação dialética entre sujeito e objeto, sendo esta entendida como critério necessário para a  interpretação da realidade social.

Palavras-chave


cinema documental, pesquisa social, representação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.18328

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - BIEV/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191