As paisagens missioneiras gaúchas nos relatos de viagem, ou por uma etnografia do olhar-viajante nas Missões

Flávio Leonel Abreu da Silveira

Resumo


A proposta do artigo é a de refletir sobre a importância dos relatos de viagem produzidos ao longo dos séculos XVIII, XIX e da primeira metade do XX, por viajantes estrangeiros ou não, que passaram pelo noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, na região também conhecida como Missões, a fim de darem suporte à compreensão de aspectos relativos à dinâmica das transformações das paisagens na região missioneira sul-riograndense ao longo do tempo. O artigo em questão é parte do estudo etnográfico empreendido na região missioneira entre os anos de 2001 e 2002 junto aos moradores daquela porção gaúcha, mais especificamente dos contadores de causos, de modo a abarcar as suas relações com as paisagens de pertencimento.

Palavras-chave


viajantes; relatos; paisagens; Missões; memória

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.18314

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - BIEV/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191