Os Bois de Carne e Osso, as Vacas Sintéticas e o Pixo Urbano: Quando a estética de rua afronta a ética da “obra de arte” na cidade de Belém (PA)

Flávio Leonel Abreu da Silveira, Petronio Medeiros Lima Filho

Resumo


Resumo: Buscamos compreender os dilemas em torno da ação de uma artista que pixou a palavra “NAUFRÁGIO” no corpo sintético de uma das vacas da CowParade Belém 400 anos, evento internacional de arte na rua que aconteceu na capital do estado do Pará, no ano de 2016. A pixação enquanto uma agência de significativa inserção ético-estética conectou dois episódios de grande impacto no contexto paraense: 1. O episódio envolvendo “bovinos” chamado CowParade, no qual 50 vacas de fibra de vidro foram customizadas por artistas locais e expostas na cidade. 2. O naufrágio de um navio carregado de bois vivos no porto de Vila do Conde a poucos quilômetros de Belém, que matou milhares de bovinos (resultando em 2.450 toneladas de carcaças) num grande desastre socioambiental com repercussões econômicas sérias para as comunidades locais, já que os resíduos do desastre (carcaças e óleo) confundem as ordens do limpo e do sujo, do lixo e do asseio nas paisagens, impossibilitando o curso normal da vida no mundo urbano.

Palavras chave: Bois. Arte Urbana. Naufrágio. Desastre. Amazônia Paraense

 

 

FLESH AND BONES BULLS, SYNTHETIC COWS AND URBAN TAG-GRAFFITI:

WHEN STREET AESTHETICS AFFRONTS HE ETHICS OF A “WORK OF ART” IN THE CITY OF BELÉM (PA).

 


Abstract: We look to comprehend the dilemmas surrounding the act of an artist of tag-graffitiing the word “SHIPWRECK” in a synthetic body of one of the cows taking part in the Belém 400 years’ CowParade, an international street art event which happened in the capital of the state of Pará, in 2016. The tag-graffiti as an agency of significant ethic-aesthetic insertion that connected two episodes of big impact in the context of Para: 1. The episode involving “bovines” called CowParade, in which 50 glass fibre cows were customized by local artists and exposed in the city. 2. The shipwreck of a ship loaded with living bulls in the port of Vila do Conde few kilometres away from Belém, which killed thousands of bovines (resulting in 2.450 tons of carcasses) causing a huge socio-environmental disaster with serious economic repercussions for the local communities since the residues of the disaster (carcasses and oil) confuse the orders of clean and dirty, garbage and cleanliness in the landscapes, making normal life in the urban world impossible.

Keywords: Bulls. Urban art. Shipwreck. Disaster. Paraense Amazon


Palavras-chave


Bois. Arte Urbana. Naufrágio. Desastre. Amazônia Paraense.

Texto completo:

527-568 PDF

Referências


ACEVEDO MARIN, Rosa Elizabeth. Quilombolas-indígenas do Sitio João: formas de existência e resistência no Rio Murucupi, Barcarena/ Rosa Elizabeth Acevedo Marin; Rosane de Oliveira Martins Maia. – 2014.

ADAMS, C. J. A política sexual da carne. A relação entre carnivorismo e a dominância masculina. São Paulo: Ed, Alaúde, 2012.

Agencia IBGE de notícias, 29-09-2017. colido em 25-09-2018 no Site: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/16994-rebanho-de-bovinos-tem-maior-expansao-da-serie-historica.

BACHELARD, G. A Poética do Espaço. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

BALÉE, W. Cultural Forests of the Amazon: A Historical Ecology of People and Their Landscapes. University of Alabama Press, 2013.

BAUDRILLARD, J. “Modernité”. In: Encyclopaedia Universalis. Paris.12: 424-26, 1985.

BELLO, E. A teoria política da propriedade na era moderna: ascensão e crítica do individualismo possessivo. Quaestio Iuris, vol. 05, nº 01. p. 220-241. Ano 2012

BELTRÃO, J. F.; RODRIGUES, C. I. Quando o sabor da ribeira aponta a instituição de identidade(s) em espaço urbano. In: TRINDADE Jr, S-C. C.; SILVA, M. A. P. da. (Orgs.). Belém. A cidade e o rio na Amazônia. Belém: ADUFPA, 2005, pp. 44-62.

BOURDIEU, Pierre. “Gostos de classe e estilos de vida”. In: Renato Ortiz (org.). Pierre Bourdieu – Sociologia. São Paulo: Ática, 1983.

CERTEAU, M. de. A Invenção do Cotidiano. Artes de fazer. V. 1. Rio de Janeiro: Vozes, 1994.

CLOAREC, J. Le paysage “catastrophe”. Symboles et réalites. Ethnologie Française, CNRS/Réunion des Musées nationaux, 3(19): 299-303, 1989.

CROSBY, A. W. Imperialismo Ecológico. A expansão biológica da Europa:

-1900. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

DIÓGENES, G.; CHAGAS, J. O ruidoso silêncio da pixação: linguagens e artes de rua. Revista do Programa de Pós-Graduação em Artes, Cultura e Linguagens Instituto de Artes e Design. 2(1): 304=330, 2016.

DIÓGENES, G.; CAMPOS, R.; ECKERT, C. As cidades e as artes de rua: olhares, linhas, texturas, cores e formas (apresentação). Revista de Ciências Sociais, Fortaleza, 1(47): 11-24, 2016.

DOUGLAS, M. Pureza e Perigo. São Paulo: Perspectiva, 1976.

DUCHAMP, M. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2011. [Consult. 2011-03-12]. Disponível na www: .

HEIDEGGER, M. Ser e tempo. Trad. Márcia de Sá Cavalcante. Parte I. Petrópolis: Vozes, 1993.

LEAL, L. M. “Com o spray na mão pintando um muro e não em casa pintando as unhas”: um estudo sobre grafiteiras nas paisagens urbanas de Belém do Pará. Trabalho de Conclusão de Curso em Ciências Sociais, Belém: UFPA, 2019.

MONTEIRO, M. de A.; MONTEIRO, E. F. Amazônia: os (des) caminhos da cadeia produtiva do alumínio. Novos Cadernos — NAEA, 2(10): 87–102, 2007.

MOORE, J. W. (Ed.). Anthropocene or Capitalocene? Nature, History, and the Crisis of Capitalism. Oakland: Kairos Books, 2016.

PAIXÃO, S. J. C. da. O meio é a paisagem: pixação e grafite como intervenções em São Paulo. São Paulo, 2011.

PEDROSA NETO, C.; SILVEIRA, F. L. A. da. A tragédia de Barcarena (PA): a água envenenada e a resistência ribeirinha. Fotocronografias, Porto Alegre, 2018. https://medium.com/fotocronografias/a-trag%C3%A9dia-de-barcarena-pa-a-%C3%A1gua-envenenada-e-a-resist%C3%AAncia-ribeirinha-1-6e33756518f5

PEREIRA, A. B. As marcas da cidade: a dinâmica da pixação em São Paulo. Lua Nova, São Paulo, 79: 143-162, 2010.

PINHEIRO, L. Rizoma-pixo, devir-rato. Concinnitas, 19(2): 139-145, 2011.

POZZOBON, T. CowParade Porto Alegre 2011: mercado e representações. Artigo apresentado no III Encontro Nacional de Estudos da Imagem 03 a 06 de maio de 2011 - Londrina – PR.

_____________. As relações entre arte contemporânea e marketing cultural: Cowparede Porto Alegre 2010. Dissertação apresentada ao programa de Pós-graduação em Artes Visuais, UFSM/RS, Santa Maria, 2012.

RAPPOPORT, E. H. Descubrimiento de América: el punto de vista ecológico y biogeográfico. Ciência & Ambiente. Santa Maria/UFSM; Ijuí:UNIJUÍ, 3(5): 41-63, 1992.

RICOEUR, P. Interpretação e ideologias. Organização, tradução e apresentação de Hilton Japiassu. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1990.

RIVERO, S.; ALMEIDA, O.; ÁVILA, S.; OLIVEIRA, W.. Pecuária e desmatamento: uma análise das principais causas diretas do desmatamento na Amazônia. Nova Economia_Belo Horizonte_19 (1)_41-66_janeiro-abril de 2009. (Este artigo contou com o financiamento do CNPq nos projetos MCT/CNPq/PPG7 – 048/2005 e edital CNPq “casadinho” – Edital CNPq 07/2006 (processo 620235/2006-3).Artigo recebido em dezembro de 2008; aprovado em maio de 2009.

SILVEIRA, F. L. A. da. As paisagens fantásticas e o barroquismo das imagens. Estudo da memória coletiva de contadores de causos da região missioneira do Rio Grande do Sul. Tese de Doutorado, UFRGS, Porto Alegre, 2004.

SERENO, A. O ready-made em Marcel Duchamp, a dimensão estética e o seu caráter conceptual na contemporaneidade, Porto, 2010.

SERRES, M. O mal limpo. Poluir para se apropriar? Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2011.

SHAPIRO, R. Que é artificação? Sociedade e Estado, Brasília, 1(22):135-151, 2007.

SONTAG, S. Diante da dor dos outros. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

TAUSSIG, M. Xamanismo, colonialismo e o homem selvagem. Um estudo sobre o terror e a cura. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993.

VANDER VELDEN, F. Inveja do gado: o fazendeiro como figura de poder e desejo entre os Karitiana. Anuário Antropológico, 1: 55-76, 2011.

Lista de Referencias de Imagens:

Imagem 1: Fonte: Nº 40 Galeria das Vacas - Realizador: Shop. Grão Pará Artista: Rhodrigo Maia Obra: Vaca Açaizeira Endereço: Shopping Bosque Grão Pará, Av. Centenário, 1052 - Val-De-Cans Fonte: http://www.cowparade.com.br/pa/

Imagem 2: Fonte: Nº 38 Galeria das Vacas - Realizador: Extrafarma Artista: Patrick Sandre Obra:Vakayapó Endereço:Icoaraci - Orla, Rua Siqueira Mendes, Próx. à Feira do Artesanato do Paracuri. Fonte: http://www.cowparade.com.br/pa/

Imagem 3: Fonte: Nº 21 Galeria das Vacas - Realizador: Extrafarma Artista: Jocatos Obra: Noites Brancas Endereço: Codem Tribunal, Av Nazaré, Esquina com Tv - Quintino Bocaiuva.

Imagem 4: Hiperlink para video do momento da pixação.

Imagem 5: Colida em 09/09/2019 do site: Etetuba - arte e resistência cultural: https://etetuba.blogspot.com/2016/09/arte-e-lugar-de-protesto-alguns-dados.html

Imagem 6: Hiperlink para video do momentodo Naufrágio.

Imagem 7: Hiperlink para video da reportagem 6 meses após o naugrágio.

Imagem 8: : Hiperlink para video da reportagem 2 anos após o naugrágio.

Imagem 9: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “Jornal Pelicano” (Foto: Renato Pereira/ Arquivo pessoal), endereço eletrônico: https://www.jornalpelicano.com.br/2015/10/embarcacao-com-5000-bois-aderna-e-afunda-no-para/

Imagem 10: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “Rural book”, endereço eletrônico: http://ruralbook.com.br/navio-aproximadamente-5000-bois-afunda-em-vila-conde/

Imagem 11: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “Parcifal 5.8”, endereço eletrônico: http://pjpontes.blogspot.com/2015/10/a-tragedia-do-haidar.html

Imagem 12: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “Rural book”, endereço eletrônico: http://ruralbook.com.br/navio-aproximadamente-5000-bois-afunda-em-vila-conde/

Imagem 13: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “Parcifal 5.8”, endereço eletrônico: http://pjpontes.blogspot.com/2015/10/a-tragedia-do-haidar.html

Imagem 14: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “UOL” (Fonte: Ascom/Adepará), endereço eletrônico: https://canalrural.uol.com.br/noticias/secretaria-para-recebe-plano-acao-para-porto-barcarena-59745/

Imagem 15: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “Parcifal 5.8”, endereço eletrônico: http://pjpontes.blogspot.com/2015/10/a-tragedia-do-haidar.html

Imagem 16: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: Cut Pará, endereço eletrônico: https://pa.cut.org.br/noticias/empresas-terao-15-dias-para-retirar-navio-haidar-do-rio-80ef

Imagem 17: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “Direitos dos Animais”, endereço eletrônico:

http://direitosdosanimais.org/website/noticia/show.asp?pgpCode=99013A5D-3CE4-74DC-CBD8-682A6ABCA2A4

Imagens 18: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “Revista Veja”, Centenas de animais mortos são levados pelo rio Pará até a praia de Vila do Conde, onde ficam encalhados na areia, parte do gado já foi retirado da praia, que está interditada. Um navio de bandeira libanesa Haidar tombou na terça-feira (6) no cais do porto de Vila do Conde, em Barcarena, nordeste do Pará (VEJA.com/Reuters). Endereço eletrônico: https://veja.abril.com.br/brasil/desafio-no-para-como-tirar-4-600-bois-do-fundo-do-rio/

Imagem 19: Fonte: Imagem colida em 09/09/2019 do sitio: “Carajas tudo de bom”, (foto Tarso Sarraf, O Liberal), endereço eletrônico:http://www.carajastudodebom.com.br/noticia/para/001268760/cdp-nao-tem-plano-para-resgate-de-bois-em-barcarena

Imagem 20: Colido em 30/07/2019, fonte site: https://www.historiadasartes.com/sala-dos-professores/fonte-marcel-duchamp/

Sites relevantes:

Critica a Cowparade

http://laborativo.blogspot.com/2012/09/banksy-vs-cow-parade-os-limites-da-arte.html

http://paulofontelesfilho.blogspot.com/2016/09/claudio-carvalho-cow-parade-estrategia.html

História da CowParade

https://brasiledesenvolvimento.wordpress.com/2012/02/18/historias-do-desfile-da-vaca/

Site oficial da CowParade Belém:

http://www.cowparade.com.br/pa/




DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.103895

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - BIEV/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191