Entre a Psicosfera da Floresta e a Psicosfera Urbana: Um mergulho etnográfico em uma comunidade amazônica

Flavio Henrique Souza Lobato, Mirleide Chaar Bahia

Resumo


Resumo: Com a implementação dos Grandes Projetos de Desenvolvimento, as grandes e médias cidades amazônicas sofreram transformações substanciais nas dinâmicas dos espaços rural e urbano e entre eles. Em meio a esse contexto, este estudo buscou descrever e analisar as mudanças decorridas do fenômeno urbano na vida cotidiana da Comunidade do Mata Fome, situada na periferia de Belém (PA). O percurso metodológico foi estabelecido por pesquisas bibliográficas e de campo. Nesta última, seguindo os princípios de uma abordagem etnográfica, as conversas informais, a observação participante, os registros fotográficos, as memórias e as vivências do autor e de outros moradores da comunidade configuraram-se como as fontes de informação e as ferramentas de pesquisa utilizadas para a coleta dos dados. Os resultados indicam que o viver no Mata Fome sofreu mudanças vultosas com o fenômeno da urbanização, pois a dinâmica da vida cotidiana dessa espacialidade foi aos poucos passando por um processo de transição: sendo antes norteada por valores de uma psicosfera com fortes ligações e harmonia com a natureza, porém, hoje, essa dinâmica tem sido subjugada por preceitos de uma psicosfera urbana – a qual, na busca pelo progresso da modernidade, materializa no espaço amazônico uma tecnosfera desigual e excludente.

Palavras-chave: Amazônia. Urbanização. Psicosfera da floresta. Psicosfera urbana. Comunidade do Mata Fome

 

 

BETWEEN THE FOREST'S AND THE URBAN'S PSYCHOSPHERE: AN ETHNOGRAPHIC DIVE IN AN AMAZONIAN COMMUNITY

 

 

Abstract: With the implementation of the Great Development Projects, the large and medium-sized Amazonian cities have undergone substantial transformations in the dynamics of rural and urban spaces and between them. In the midst of this context, this study sought to describe and analyze the changes resulting from the urban phenomenon in the daily life of the Mata Fome Community, located on the outskirts of Belém (PA). The methodological path was established by bibliographic and field research. In the latter, following the principles of an ethnographic approach, informal conversations, participant observation, photographic records, memories and experiences of the author and other residents of the community. The results indicate that living in Mata Fome has undergone major changes with the phenomenon of urbanization, because the dynamics of everyday life in this spatiality has been gradually undergoing a transition process: rather being guided by values of a psychosphere with strong connections and harmony with nature, however, today, this dynamic has been overwhelmed by the precepts of an urban psychosphere - which, in the search for the progress of modernity, materializes in the Amazon space an unequal and exclusive technosphere.

Keywords: Amazon. Urbanization. Psychosphere of the forest. Urban psychosphere. Mata Fome Community


Palavras-chave


Amazônia. Urbanização. Psicosfera da floresta. Psicosfera urbana. Comunidade do Mata Fome.

Texto completo:

500-526 PDF

Referências


ALMEIDA, Conceição M. R. D. As águas e a cidade de Belém do Pará: história, natureza e cultura material no século XIX. 343 f. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.

ANTUNES, Henrique F. O modo de vida urbano: pensando as metrópoles a partir das obras de Georg Simmel e Louis Wirth, Ponto Urbe, São Paulo, v. 15, [s. n.], p. 1-15, 2014.

ARAÚJO, G. M. A degradação dos recursos hídricos da bacia hidrográfica do igarapé mata fome, Belém-PA: uma consequência do processo de urbanização. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) − Universidade Federal do Pará, Belém, 2007.

BAHIA, Mirleide. C. O lazer e as relações socioambientais em Belém-Pará. 2012. 301 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Socioambiental) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Belém, 2012.

BECKER, B. Amazônia. São Paulo: Ática, 1990.

BELÉM. Lei nº 7.682, de 05 de janeiro de 1994. Dispõe sobre a Regionalização Administrativa do Município de Belém, delimitando os respectivos espaços territoriais dos Distritos Administrativos e dá outras providências. Belém: Câmara Municipal de Belém, [1994].

BELLO, Leonardo A. L.; HÜFFNER, João G. P. Análise dos impactos ambientais da expansão urbana na Ilha de Cotijuba, Belém-PA. Caminhos de Geografia Uberlândia, Uberlândia, v. 13, n. 44, p. 286–298, 2012.

BEZERRA, Analúcia S. Arquivo e memória oral na produção de uma etnografia retrospectiva. Antropológicas, Porto, v. 13, n. 1, p. 67-78, 2015.

CAÑETE, T. M. R.; RAVENA-CAÑETE, V. Populações tradicionais amazônicas: revisando conceitos. In: Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade, 5., 2010, Florianópolis. Anais [...], Florianópolis: ANPPAS, 2010. p. 1-18.

CLIFFORD, James. A experiência etnográfica: antropologia e literatura no século XX/ James Clifford; organizado por José Reginaldo Santos Gonçalves. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2002. p. 17-62.

CORDEIRO, Graça Í.; BAPTISTA, Luís V.; COSTA, António F. (Orgs). Etnografias urbanas. Lisboa: Celta Editora Oeiras, 2003.

COSTA, Thais A. Uma análise sobre a relação entre a Comunidade Bom Jesus I e a oferta de serviços de saúde: práticas socioculturais no entorno do Igarapé Mata Fome, Belém-Pará. 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia e Antropologia) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

COSTA, Thais A.; RAVENA-CANETE, Voyner. Esporte, saúde e meio ambiente: a importância da promoção de saúde em uma comunidade em Belém do Pará. In: REUNIÃO EQUATORIAL DE ANTROPOLOGIA, 5.; REUNIÃO DE ANTROPÓLOGOS DO NORTE E NORDESTE, 14., 2015. Anais [...] Maceió: EDUFAL, 2015.

COUTO, Aiala C. D. O. A geografia do crime na metrópole: das redes ilegais à “territorialização perversa” na periferia de Belém. Editora UEPA, 2014.

FERRO, Lígia.; GONÇALVES, Renata S. Etnografias urbanas: explorando as cidades contemporâneas–introdução. Etnográfica, Lisboa, v. 22, n. 2, p. 305-310, 2018.

FRANK, Bruno J. R.; YAMAKI, Humberto. Reflexões e teorias sobre o lazer - um roteiro para a geografia. Revista Ra'e Ga - O Espaço Geográfico em Análise, Curitiba, v. 37, p.91-109, 2016.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. 1. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

JACOBS, Jane. Morte e vida de grandes cidades. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

KOWARICK, Lucio. A espoliação urbana. São Paulo: Paz e Terra, 1983.

LEFEBVRE, H. O direito à cidade. Tradução de Rubens Frias. 1. ed. São Paulo: Editora Moraes. 1991.

LIMA, Alisson B. L.; LOBATO, Flavio H. S. Ações interdisciplinares: possibilitando o direito à saúde na terceira idade da Comunidade Bom Jesus I, Belém (PA). Prêmio Jovem Extensionista, v. 12, n. 1, p. 31-35, 2014.

LOBATO, Flavio H. S. et al. Extensão universitária e o turismo social: despertando emoções e promovendo a inclusão social. Revista Conexão UEPG, Ponta Grossa, v. 11, n. 3, p. 260-273, 2015.

MAGNANI, José G. C. De perto e de dentro: notas para uma etnografia urbana. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 17, n. 49, p. 11-29, 2002.

MALINOWSKI, Bronislaw. Introdução: o assunto, o método e o objetivo desta investigação [Argonautas do Pacífico Ocidental]. In: DURHAM, E. (Org.) Bronislaw Malinowski. 1. ed. São Paulo: Ática, 1986. p. 24-48.

MALINOWSKI, Bronislaw. Um diário no sentido estrito do termo. Tradução: Celina Cavalcante Falck. Revisão Técnica: Lygia Sigaud. Editora Record. Rio de Janeiro. São Paulo. 2012. 333 p.

MARICATO, Ermínia. Metrópole na periferia do capitalismo: ilegalidade, desigualdade e violência. São Paulo: Hucitec, 1996.

MARICATO, Ermínia. Urbanismo na periferia do mundo globalizado metrópoles brasileiras. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 14, n. 4, p. 21-33, 2000.

MARTINE, George; MAcGRANAHAM, Gordon. A transição urbana brasileira: trajetória, dificuldades e lições aprendidas. In: BAENINGER, R (Org.). População e cidades: subsídios para o planejamento e para as políticas sociais. Brasília: UNFPA, 2010. p. 11-15.

OLIVEIRA, José A. Cidades na selva. Manaus: Valer, 2000.

OLIVEIRA, José A. A cultura, as cidades e os rios na Amazônia. Ciência e Cultura, São Paulo, v. 58, n. 3, p. 27-29, 2006.

RAVENA-CAÑETE, Voyner. A descrição do possível: a experiência de intervenção da Unama no Igarapé Mata Fome e o levantamento de dados socioeconômicos. Belém: UNAMA, 2006.

RIBEIRO, K. D.; PROST, C. Problemas socioambientais em rios urbanos na cidade de Belém. In: ARAGÓN, L. E. (org.). Conservação e desenvolvimento no estuário e litoral amazônicos. Belém: Editora NAEA, 2003.

RODRIGUES, Roberta M. et al. ST4-825 Urbanização das baixadas de Belém-PA: transformações do habitat ribeirinho no meio urbano. Anais ENANPUR, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 1-17, 2013.

RODRIGUES, Roberta M.; TAVARES, Ana C. D. M.; MIRANDA, Thales B. Urbanizar as Baixadas: Experiências de Projetos de Urbanização de assentamentos Precários em áreas de preservação permanente em Belém (PA). In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 4., Porto Alegre, 2016. Anais [...], Porto Alegre, 2016. p. 1-25.

SANTOS, Dalva D. C. S. D. O Lazer no Plano Diretor das Metrópoles Amazônicas: um estudo comparativo entre Belém e Manaus. 2010. 198f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente Urbano) – Universidade da Amazônia, Belém, 2010.

SANTOS, Milton. A urbanização brasileira. São Paulo: Hucitec, 1993.

SANTOS, Milton. O meio técnico-científico e a urbanização no Brasil. Espaço e Debates, São Paulo, [s. v.], n. 25, 1988, p. 58-62, 1988.

SANTOS, Milton. Técnica, espaço e tempo: globalização e meio técnico-científico informacional. São Paulo: Hucitec, 1994.

SERRE, Agnès. A gestão ambiental urbana na Amazônia: um investimento de longo prazo da política pública. In: ENCONTRO NACIONAL DA ECOECO, 4., 2001. Anais [...] Belém, 2001.

SILVA, Marcio D. M. D; SIMONIAN, Ligia T. L. Natureza e ser humano na Amazônia contemporânea. Revista Amazonía Investiga, Florencia, v. 5, n. 9, p. 15-28, 2016.

SILVA, Marcos J. D. et al. Ocupações espontâneas, conjuntos habitacionais e condomínios de status: uso do solo e indicadores de qualidade de vida na Bacia do Mata Fome em Belém-PA. Revista IHGP, v. 2, n. 1, p. 61-78, 2015.

SILVA, M. J. D.; LUZ, Luziane M. Uso do solo e degradação ambiental: estudo de caso da bacia do Mata Fome em Belém, Pará. Interespaço - Revista de Geografia e Interdisciplinaridade, Grajaú, v. 2, n. 7, p. 162-178, 2016.

SIMMEL, Georg. Questões fundamentais de sociologia: indivíduo e sociedade. Tradutor Pedro Caldas. Rio de Janeiro: Zahar, 2006.

TAMDJIAN, James, O.; MENDES, Ivan L. Geografia geral e do Brasil: estudos para compreensão do espaço. São Paulo: FTD, 2005.

TANNO, Janete L. A rua como espaço de socialização e lazer. São Paulo (1920-1945). Patrimônio e Memória, Assis, v. 5, n. 1, p. 64-80, 2009.

TRINDADE JÚNIOR, Saint-Clair C. A cidade dispersa: os novos espaços de assentamentos em Belém e a reestruturação metropolitana. 1998. 395 f. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Universidade de São Paulo. São Paulo, 1998.

TRINDADE JÚNIOR, Saint-Clair C. Cidades e centralidades na Amazônia: dos diferentes ordenamentos territoriais ao processo de urbanização difusa. Cidades, Presidente Prudente, v. 12, n. 21, p. 305-334, 2015.

TRINDADE JÚNIOR, Saint-Clair C. Das ''cidades na floresta'' às ''cidades da floresta'': espaço, ambiente e urbanodiversidade na Amazônia brasileira. Papers do NAEA, Belém, v. 321, p. 1-22, 2013.

TRINDADE JÚNIOR, Saint-Clair C. Diferenciação territorial e urbanodiversidade: elementos para pensar uma agenda urbana em nível nacional. Cidades, Presidente Prudente, v. 7, n. 12, p. 49-77, 2010. [a]

TRINDADE JÚNIOR, Saint-Clair C. Cidades na floresta: os “grandes objetos” como expressões do meio técnico-científico informacional no espaço amazônico. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, n. 51, p. 113-150, 2010. [b]

VANZELA, Luis S.; HERNANDEZ, Fernando B. T.; FRANCO, Renato A. M. Influência do uso e ocupação do solo nos recursos hídricos do Córrego Três Barras, Marinópolis. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande-PB, v. 14, n. 1, p.55-64, 2010.

VELHO, Gilberto. Observando o familiar. In: NUNES, E. O. (Org.). A aventura sociológica. 1. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.




DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.103741

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - BIEV/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191