A Cultura na Trilha dos Guaianás - Uma Inspiração Etnofotográfica no Caminho do Ouro

Paulo Fernando Pires da Silveira

Resumo


Resumo: Este ensaio fotográfico inspira-se na Etnofotografia proposta pelo arquiteto e fotógrafo italiano Sandro Spini. As fotos e o texto de abertura da chamada Trilha Guaianá, que compõe a chamada Estrada Real ou Caminho do Ouro. Percorrer Trilha Guaianá através de imagens permite explorar o imaginário das relações entre o passado e o presente das populações pré-colombianas e da colonização europeia e significa experimentar um percurso de ritmos e referências espaciais dissonantes com a experiência de vida moderna.

Palavras-chave: Caminho do Ouro. Trilha dos Guaianás. Etnofotografia

 

CULTURE IN THE TRAIL OF THE GUAIANÁS - AN ETNOPHOTOGRAPHICAL INSPIRATION IN THE "CAMINHO DO OURO"

 

Abstract: This photographic essay is inspired by the Etnophotography method proposed by the Italian architect and photographer Sandro Spini. The photos and the opening text address the Guaianá Trail, which makes up the "Estrada Real" (Royal Road) or “Caminho do Ouro" (Gold Way). Walking the Guaianá Trail through images allows to explore the imaginary of the relations between the past and the present of pre-Columbian populations and European colonization and means experiencing a journey of rhythms and spatial references that distune with the experience of modern life.

Keywords: Caminho do Ouro. Guaianá Trail. Etnophotography


Palavras-chave


Caminho do Ouro; Trilha dos Guaianás; Etnofotografia

Texto completo:

450-476 PDF

Referências


FUNARI, Pedro P. A.; PELEGRINI, Sandra de C. A. Patrimônio histórico e cultural. – Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2006.

GURAN, Milton. Linguagem fotográfica e informação. Rio de Janeiro: Rio Fundo Ed., 1992.

LUISI, Emidio. Entrevista. MUSEU DA IMAGEM E DO SOM / INSTITUTO ITALIANO DI CULTURA. Antropologia visual: a fotografia. São Paulo, 1982.

COMISSÃO PERMANENTE PRÓ SÍTIO DO PATRIMÔNIO MUNDIAL DE PARATY. Dossiê: O caminho do ouro em paraty e sua paisagem - a importância do reconhecimento de Paraty como Sítio do Patrimônio Mundial da UNESCO. Prefeitura Municipal de Paraty – Secretaria Executiva de Governo. Paraty / RJ, 11 de setembro de 2007.

RIBAS, Marcos C. A história do caminho do ouro em Paraty. Contest Produções Culturais – Paraty / RJ, 2003.

ROCHA, Ana Luiza C. da; ECKERT, Cornelia. Etnografia de rua: estudo de antropologia urbana. Porto Alegre: UFRGS, 2007.

SILVA, Jardel S. – III SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOGRAFIA POLÍTICA - Universidade Federal do Rio de Janeiro - jardelsandy@gmail.com -

REVISTA GEONORTE, Edição Especial 3, V.7, N.1, p.782-797, 2013. (ISSN – 2237-1419).

SPINI, Sandro. Entrevista. MUSEU DA IMAGEM E DO SOM / INSTITUTO ITALIANO DI CULTURA. Antropologia visual: a fotografia. São Paulo, 1982.

TOLEDO, Gabriel. Entrevista. Paraty / RJ, 2018.

REFERÊNCIAS ONLINE:

http://www.institutoestradareal.com.br/estradareal - Instituto Estrada Real. Acesso em: 22/11/2019.

http://www.paratyonline.com/jornal/2012/02/confira-a-programacao-do-aniversario-de-paraty/ - Acesso em: 22/11/2019.

www.cepa.tur.br/comtursap/PDT%20Paraty.pdf - Plano Estratégico do Turismo de Paraty 2002 – SEBRAE/RJ. Acesso em: 12/02/2020.




DOI: https://doi.org/10.22456/1984-1191.101035

Revista Iluminuras - Publicação Eletrônica do Banco de Imagens e Efeitos Visuais - BIEV/LAS/PPGAS/IFCH/UFRGS

E-ISSN 1984-1191