Avaliação do Grau de Satisfação dos Usuários do Programa de Assistência Domiciliar do Hospital São Sebastião Mártir, Sul do Brasil

Patrícia Morsch, Ronaldo Bordin

Abstract


Devido à necessidade da redução de custos com as hospitalizações e à busca de uma reorientação no modelo atual de assistência à saúde, o Hospital São Sebastião Mártir de Venâncio Aires (RS), juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde, instituiu o programa de Assistência Domiciliar, como uma tentativa para reorganização do sistema atual de saúde. Sendo assim, é de suma importância descrever a satisfação dos usuários deste programa. Para isso, um entrevistador aplicou um questionário aos usuários, com questões fechadas, em relação ao tempo dos atendimentos, ao relacionamento com a equipe, aos recursos e à disponibilidade da equipe, aos resultados da assistência e em relação à satisfação de uma forma geral. As respostas foram fornecidas através da escala de Lickert, por meio de cinco atributos, envolvendo concordância plena e discordância plena, frente a uma afirmação. A análise dos dados envolveu cálculo das médias dos dados demográficos dos pacientes e dos escores encontrados e teste t de student (p < 0,05), comparando a satisfação entre os cuidadores e os pacientes. Foram entrevistados 56 usuários da Assistência Domiciliar, sendo 15 pacientes (26,8%) e 41 cuidadores (73,2%). Os resultados quanto às questões referentes à assistência domiciliar e ao desempenho da equipe demonstraram satisfação dos usuários em praticamente todas as afirmações, não havendo diferença estatística entre os grupos. A menor média dos atributos foi encontrada no que tange ao contato com a equipe, quando necessário, com média de 3,16 entre os cuidadores e 3,55 entre os pacientes.

Keywords


Assistência Domiciliar; Satisfação do Usuário; Qualidade da Assistência à saúde



Copyright (c)



ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

 

 

Apoio Financeiro:

 


Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.