Avaliação temporal da frequência da infecção do HIV em gestantes

Juliana Barroso Zimmermmann, Adrianne Maria Berno de Rezende Duarte, Alexander Cangussu Silva

Abstract


Com a evolução da epidemia de AIDS nas últimas décadas, houve um aumento expressivo do número de casos entre heterossexuais. A feminização da epidemia acelerou a disseminação geográfica do vírus da imunodeficiência humana (HIV) em todo o território nacional, determinando também o aumento de crianças infectadas pela transmissão materno-infantil. A frequência da infecção pelo HIV em gestantes atendidas pelo Serviço de Obstetrícia da Universidade Federal de Juiz de Fora, nos períodos de 2009-2015 (grupo 1) foi avaliada e comparada com a frequência da infecção pelo HIV no mesmo serviço no período de 1998-2002 (grupo 2). A comparação dos dados revelou uma menor frequência da infecção pelo HIV no grupo 1. Os autores identificaram queda da frequência da infecção pelo HIV ao longo do tempo, com estabilização nos últimos anos.

Palavras-chave: Infecção pelo HIV; gravidez; cuidado pré-natal


Keywords


Infecção pelo HIV; gravidez; cuidado pré-natal



Copyright (c) 2017 Clinical & Biomedical Research

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

 

 

Apoio Financeiro:

 


Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.