Reversão de atelectasia em recém-nascido prematuro após uma sessão de fisioterapia respiratória – Relato de caso

Marciane Pesamosca Fiatt, Bárbara Rodrigues Daher, Angelica Meneses dos Santos

Abstract


Atelectasia pulmonar é uma afecção comum em unidades de terapia intensiva neonatal. Os recém-nascidos são acometidos devido a desequilíbrios entre a força de retração do pulmão e de expansão da caixa torácica. Particularidades anatômicas e fisiológicas relacionadas às vias aéreas, à ventilação colateral e à complacência da caixa torácica exercem um papel importante no processo que causa o colapso alveolar no período neonatal. A fisioterapia é o principal tratamento, sendo aplicada também na prevenção de atelectasias pós-extubação. O presente estudo relata a experiência positiva de reversão de uma atelectasia total do pulmão direito em um recém-nascido de extremo baixo peso do sexo masculino em apenas uma sessão de fisioterapia, utilizando as técnicas fisioterapêuticas manuais de aumento do fluxo expiratório, compressão-descompressão do hemitórax direito e aspiração de vias aéreas.


Keywords


atelectasia pulmonar, fisioterapia, recém-nascido, prematuro



Copyright (c)



ISSN: 2357-9730 

http://seer.ufrgs.br/hcpa/

   

  

 

Apoio Financeiro:


 

Licença Creative Commons
The Clinical & Biomedical Research is licenced under Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.